Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 17 Abril 2021

Grupo Maroaga do município de Maués lança primeiro EP de Gambá

Para divulgar o ritmo amazônico 'Gambá', o grupodomunicípio de Maués (AM) 'Maroaga' lança seu primeiroEP com composições que trazem reflexões sobre as manifestações religiosas e culturais da Amazônia, como a Festa do Divino Espirito Santo. As músicas estão nas principais plataformas de música. A produção doEP foi contemplada no Edital Prêmio Manaus de Conexões Culturais e pode ser acessado no Spotify.

A formação doGrupoMaroaga é composta por Tércio Macambira no Gambá e no vocal, China no Tamborinho, Rô Macambira no Caracaxá, Neto Armstrong no Banjo, Sérvio Túlio no contra-baixo, Cleumir Leda na flauta, Amino Vasconcelos no violão e direção musical, Duan Raiad na escaleta e João Enam como assistente de produção.


De acordo com o líder doGrupo, o músico Tércio Macambira, o intuito é tornar o ritmo de Gambá mais conhecido na região. "Muitos artistas, pesquisadores e mestres do ritmo têm realizado trabalhos maravilhosos com o gambá, mas, mesmo assim, ainda é um ritmo muito desconhecido pelo público amazônida. Precisamos de mais pessoas levantando essa bandeira, valorizando o gambá e os mestres", comenta.

Para o mestre de Gambá, Ismael do Divino, o gambá é uma forma de mostrar a identidade do povo amazônida ao que diz respeito às vivências de fé. "O gambá é parte do meu viver pois nasci e cresci vendo e participando. Por meio do ritmo podemos expressar nossa fé e resistência cabocla, é uma sequência das experiências traduzidas para o ritmo e versos", completa o mestre.

Músicas

Macambira explica que, embora o gambá seja incidente em vários municípios da Amazônia, as inspirações e referências do grupo são dos artistas maueenses, dos mestres de gambá dogrupo Pingo de Luz, Tambores da Floresta e da Irmandade do Divino Espirito Santo de Maués. "São canções que falam sobre a Amazônia, do cotidiano do ribeirinho, da fé e devoção dos foliões do Divino Espirito Santo de Maués. Exemplo disso são as músicas: A Onça te Pega, Jacaré-Açú, Prosa do Pavulage", comenta o músico que também é professor.

Uma das principais músicas doEP é a "Amazônia", composição da artista maueense Maria Erinete Straus Nogueira, conhecida como Tydel. A música incentiva a preservação da natureza. "É uma declaração de amor à Amazônia, compus a letra para concorrer no Festival de Música Popular do Éden que acontece em Maués, e a música ganhou em terceiro lugar daquele ano", disse a artista.

Grupo Maroaga

O líder doGrupo, Tércio Macambira, conta como surgiu a formação atual doMaroaga. "Em meados de 2007, os músicos que compunham o grupo responsável pela trilha sonora da lenda do Guaraná, espetáculo que acontece durante a Festa do Guaraná, em Maués, e que tem o Gambá como instrumento e ritmo de base, resolveram formar um grupo para tocar nos eventos da cidade".

Como a maioria dos integrantes dogrupo está residindo em Manaus, resolveram retomar o projeto com o intuito de divulgar o Gambá de Maués. O grupoMaroaga já participou de muitas apresentações importantes, entre elas, o "Maués mostrando suas raízes" que aconteceu em Agosto de 2018 no Teatro Amazonas e o Encontro de Cultura Popular do Amazonas. 

Veja mais notícias sobre AmazonasMúsica.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 17 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/