Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 28 Outubro 2020

Como se expor como profissionais nas redes sociais

O uso de mídias digitais só cresce com o passar do tempo. Vendas, exposições e demonstrações de produtos começaram a virar um campo real de negócios. Da mesma forma ocorre no mercado de trabalho quando o assunto é profissionais em busca de recolocação ou prestadores de serviços autônomos ou liberais. Seguindo essa tendência, muitas empresas já começaram a avaliar conteúdos publicados, fotos e vídeos que servem como linha de corte para análises de perfis. É claro que essa análise comportamental não é exata, mas sim uma amostra das atitudes e reações de profissionais dos mais diversos níveis hierárquicos.

Nesse artigo, vamos falar sobre pontos cruciais que podem definir a nossa entrada ou saída de um processo seletivo após a análise de redes sociais.

Foto (reprodução/shutterstock)

Cautelas com publicações

Esse fator nos leva a ter uma análise crítica sobre o contexto do que é ideal ou não para publicar em nossas redes sociais. De um lado, há a liberdade de expressão, um direito de cada cidadão que quer exercê-la de forma plena, postando e falando o que pensar. De outro lado, as empresas que avaliam as posturas de profissionais através dos assuntos falados, temas abordados e capacidade de inteligência emocional perante discussões e comunicação com pessoas que discordam das publicações.

A avaliação comportamental através de redes sociais não é exata como a aplicação de um teste mais específico, por exemplo. Entretanto, se um/a recrutador/a ou gestor/a presencia uma grande confusão que o/a profissional fez com alguém pelo simples fato de ser contrariado em sua opinião, provavelmente vai interpretar que é uma pessoa inflexível e difícil de ser aberto/a a ordens e novas ideias, uma característica extremamente negativa para o mercado e que desclassifica no ato de qualquer processo de triagem.

Para o uso de redes sociais, o ideal é que tenhamos o máximo de imparcialidade possível sobre diversos assuntos. Para o/a recrutador/a isso mostra a capacidade de liderança, mediação e soluções de conflitos no ambiente de trabalho, que são fatores importantes a serem observados em processos seletivos.

Divulgando fotos e vídeos

A melhor estratégia de divulgação de imagem, nome ou profissionalismo é a publicação de atividades desempenhadas, seja no dia-a-dia de trabalho, em um evento, em um congresso ou qualquer outra ação que possa demonstrar o/a profissional em ação. Esse impacto visual tende a chamar a atenção das pessoas que estão na lista de amigos, gerando o fator "lembrança". Já ouviu aquele ditado "Quem não é visto não é lembrado"?. Pois é. existe muitos casos de profissionais que foram pinçados através de redes sociais porque alguém estava precisando de um/a profissional com o mesmo perfil, passou no feed de publicações e viu a pessoa. Automaticamente, lembrou dela e fez o contato. Se nada fizesse o/a recrutador/a lembrar ou ver essa pessoa, ela continuaria neutra e fora do campo de visão.

Esse fator serve também para profissionais autônomos ou liberais, que podem substituir os grandes investimentos em recursos para divulgações de produtos ou serviços para a divulgação de trabalhos realizados ou produtos vendidos. Investimento zero: o único custo existente é o de luz elétrica e um pacote de internet.

Marcando pessoas-chaves para aumentar a visibilidade

Outra estratégia interessante é marcar pessoas-chaves para aumentar a visibilidade do perfil e ativar os algoritmos indiretos de terceiros. Vamos a um exemplo prático disso?

João é um profissional da área de Construção Civil que estava navegando na internet e viu um vídeo de um grande acidente, que nitidamente não tinha planos preventivos de segurança do trabalho em obras. Com isso, copiou o link do vídeo e publicou na sua rede. Sabendo que tem vários profissionais da sua área adicionados na sua lista de amigos, fez o recolhimento de vários perfis e marcou todos os profissionais com a seguinte pergunta: "O que acham disso?". Com isso, João chamou a atenção desses profissionais marcados, mesmo que não os conheça e apenas os tenham adicionados. Além disso, as marcações ativam a exposição também nos perfis dessas pessoas. Ou seja, o alcance será no público do João e das pessoas que marcou, gerando a probabilidade uma grande audiência de visualização.

Muitas empresas também possuem perfis e páginas na internet. Além da estratégia de marcações de pessoas, podemos marcar as empresas também, o que faz que o nível de visibilidade aumente para quem seguir os perfis ou páginas delas.

O estímulo para a participação de terceiros em publicações

O alcance de um perfil se torna alto quando começa a criar interações e possibilidades de participações de outras pessoas em sua publicação. Fazer publicações com perguntas de opiniões é um passo interessante, pois a cada comentário que alguém faz, o perfil da pessoa com a publicação de origem aparece para os amigos dela, criando um alcance orgânico duplo, sem a necessidade de patrocínios para publicações.

Mas qual assunto falar? Essa é a dúvida principalmente nesse quesito. O ideal é que sejam assuntos populares, em evidência e que possam envolver pessoas com o máximo nível possível.

Vamos a dois exemplos práticos sobre isso?

Exemplo 1 – Você acha que o Governo deveria relaxar o isolamento no período da quarentena?

Exemplo 2 – Você acha que as escolas devem voltar nesse momento que a pandemia ainda não acabou?

E então? Vamos para a prática?

Flávio Guimarães é diretor da Guimarães Consultoria, Administrador de Empresas, Especializado em Negócios, Comportamento e Recursos Humanos, Articulista de Carreira, Emprego e Oportunidade dos Jornais Bom Dia Amazônia e Jornal do Amazonas 1ª Edição, CBN Amazônia, Portal Amazônia e Consultor em Avaliação/Reelaboração Curricular. 


*O conteúdo do texto é de inteira responsabilidade do(a) autor(a) e não reflete, necessariamente, a posição do Portal Amazônia.

Veja mais notícias sobre Eu Profissional.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 28 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/