Amazon Sat transmite documentário sobre a cheia história do Rio Negro

“A Cheia Histórica do Rio Negro” aborda a vida dos ribeirinhos e as dificuldades que lidam com o período das cheias do rios

A época de cheia dos rios da Amazônia é um fenômeno natural que ocorre todos os anos em diversas áreas da Amazônia entre os meses de fevereiro e julho. No ano de 2021, o rio Negro atingiu a marca histórica de 30,02 metros, considerada a maior cheia em 119 anos de medição.
Foto: Reprodução

Por conta disso, o Amazon Sat produziu um documentário chamado de ” A Cheia Histórica do Rio Negro” que vai ao ar nesta quinta-feira (1) no Cine Sat, a partir das 21h30. O Portal Amazônia entrevistou a Maria Paula, responsável pela produção e nos contou um pouquinho sobre a sua experiência.

“O principal objetivo do documentário é mostrar que a cheia é um fenômeno natural, você não pode controlar ele, mas ele é previsível, então, se a gente consegue prever o fenômeno, por que a gente deixa as pessoas passarem pela situação que elas passam? É tentar mostrar para elas que aquilo podia ser evitado.”, afirma.

O documentário questiona a falta de políticas públicas por parte das autoridades, e mostrar uma perspectiva diferente, as consequências da cheia que atingem moradores da capital e interior do Amazonas.

“É uma das principais críticas que eu faço, de que todo mundo acha a cheia bonita, todo mundo vai ver a veneza dos trópicos e não, isso na verdade, não é nada bonito, é realmente um caso alarmante de saúde pública. as pessoas pegam mais doenças, as pessoas são atacadas pelos animais, as pessoas morrem afogadas, e isso não estou inventando, está ali nos sites de notícias, é apenas você abrir e ver todas essas notícias acontecendo. então, eu espero que as pessoas, entendam, que isso não é bonito, que é uma situação realmente triste.” Conta Maria Paula.

A produção levou quase 1 mês para ficar pronta e será apresentada no Cine Sat, a partir das 21h30. O Portal Amazônia te convida a conferir o documentário que será apresentado no Amazonsat. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Plano Nacional de Mineração 2030: geologia, mineração, transformação mineral

O Brasil, salienta o Plano, é um importante produtor mundial de minérios; contudo, seu consumo per capita encontra-se entre 15% e 30% dos países que já lograram atingir níveis mais elevados de desenvolvimento.

Leia também

Publicidade