Manaus 30º • Nublado
Sábado, 21 Mai 2022

Igapó ou Igarapé? Entenda a diferença

Captura-de-Tela-2022-01-17-as-10.09.1_20220117-151716_1

Com cerca de sete milhões de metros quadrados, a bacia do Rio Amazonas é formada por mais de mil afluentes, os quais possuem rios menores e nascentes que drenam seu volume para a bacia.

Essa característica faz com que igapós e várzeas sejam comuns na região. Mas afinal, qual a diferença entre eles? O Portal Amazônia explica:

Bacia do Rio Amazonas é a maior em volume de água doce do planeta, dando origem à milhares de igarapés e igapós. Foto: Reprodução/Shutterstock

De origem indígena, do tupi, igapó e igarapé são utilizados para representar características geográficas, hidrográficas e botânicas na Amazônia. Em geral, são termos bastante utilizados na bacia amazônica.

Na tradução do tupi, igapó significa "rio de raízes", do y ("água") e apó ("raiz"); e igarapé  significa "caminho de canoa".

Igapó

O termo Igapó se dá para um tipo de vegetação amazônica com plantas que sobrevivem permanente na água (chamada hidrófilas) e é uma vegetação bastante densa. As árvores podem ter em média 20 metros, e atingem de quatro a cinco metros acima da superfície da água. 

Na arte abaixo, é possível observar o ecossistema se um igapó:

Arte: Reprodução/

Entre as plantas hidrófilas estão a vitória-régia, a orquídea, o mucuri e as bromélias, muito frequentes na flora dos igapós.

Leia também: Verdade ou mito: A vitória-régia é capaz de carregar uma pessoa?

Foto: José Renato Venâncio Resende

Igarapé

igarapé é um termo para designar o curso de um rio ou canal dentro das matas. Do tupi, "caminho de canoa" é conhecido por ser um canal estreito e pouco profundo no qual somente canoas e barcos pequenos conseguem navegar.

Devido as dificuldades encontradas pela vegetação densa ao seu entorno e pela profundidade baixa, apenas pequenas navegações passam pelos igarapés.

Foto: Reprodução/iGUi Ecologia

Nas cidades, até meados da década de 90, os igarapés eram bastante frequentados pela população como balneários, nos quais famílias inteiras iam aos fins de semana, como o Igarapé da Bolívia, Igarapé do 40 e Igarapé do Mindu, todos em Manaus (AM).

Foto: Reprodução

Veja mais notícias sobre Amazônia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 21 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/