Amazonense está entre maiores recordistas de pesca esportiva do país

O empresário e pescador esportivo Salomão Rossy é um dos maiores recordistas brasileiros de pesca esportiva e teve seus feitos pesqueiros registrados pela BGFA Recordes.

A Bacia Amazônica é a maior bacia hidrográfica do mundo, com um dos maiores potenciais hídricos do planeta. Rica de numerosas espécies de peixes que impressionam pelo tamanho, cores e quantidade. Fatores que contribuem para os amantes de pesca esportiva, uma modalidade que tem como objetivo principal o lazer e a diversão do pescador.

Sem fins comerciais ou alimentares, o pescador utiliza equipamentos específicos para cada tipo de peixe e de ambiente. Esse tipo de atividade preza pelo respeito à natureza e à vida dos peixes, praticando o pesque e solte ou seja, devolvendo os peixes capturados.

O empresário e pescador esportivo Salomão Rossy é um dos maiores recordistas brasileiros de pesca esportiva e teve seus feitos pesqueiros registrados pela BGFA Recordes, órgão responsável por homologar os recordes derivados da pesca esportiva no Brasil. 

Ao Portal Amazônia, o empresário relatou a sua vasta experiência na captura desses ‘monstros do rio’, e algumas curiosidades como a régua especial de medidas e o orgão homologador, além de citar quais foram os anos em que ele teve os maiores índices de recordes.

“A aferição é feita com uma régua específica, deferida e produzida pela BGFA Recordes no Brasil (órgão responsável pelas homologações de recordes na pesca esportiva no Brasil). São ao todo 12 recordes unificados, amazonense e brasileiro absoluto. Meus recordes são de 2022 e 2023”, contou Rossy.

Leia também: Gigantes do Rio Madeira: peixes que surpreendem pelo tamanho

Na lista mais recente consta registro de recorde mato-grossense.
Foto: Salomão Rossy/Arquivo pessoal

O recordista conta que ele e sua equipe mais registraram a pesca desses peixes de grande porte no Amazonas não muito longe da capital. 

“Meus recordes foram todos registrados bem próximo a cidade de Manaus, aqui do lado, no Rio Solimões”, afirmou. 

Foto: Salomão Rossy/Arquivo pessoal

No site oficial da BGFA é possível conferir os recordes de Salomão Rossy já catalogados.

Segundo a BGFA Recordes, na lista mais recente com registros homologados, consta recordes mato-grossenses com a espécie (Hoplias aimara) conhecida popularmente como trairão e registros amazonenses.

Foto: Reprodução/BGFA Recordes

Confira a lista de recordistas amazônidas que também figuram nos registros:

Luís Fernando Alves Galan

Dinarti Vitor Carli Júnior

Data: 10/05/2024

Local: Tabapora (Rio dos peixes) – MT

Espécie: (Hoplias aimara)

Modalidade: Comprimento

Peso / Comprimento: 92 cm

Recorde: Mato-grossense

Luiz Eduardo Quadros Moraes

Foto: Divulgação/BGFA Recordes.

Data: 05/05/2024

Local: Rio Roosevelt, Novo Aripuanã-AM

Guia: Izaque

Operação: Amazon Roosevelt

Espécie: (Hydrolycus scomberoides)

Modalidade: Comprimento

Peso / Comprimento: 86 cm

Recorde: Amazonense

José Gustavo A. Souza

Foto: Divulgação/BGFA Recordes.

Data: 05/05/2024

Local: Rio Roosevelt, Novo Aripuanã-AM

Guia: Zaqueu (Japa)

Operação: Amazon Roosevelt

Espécie: (Pellona castelnaeana)

Modalidade: Comprimento

Peso / Comprimento: 55 cm

Recorde: Amazonense

Dinarti Vitor Carli Júnior

Foto: Divulgação/BGFA Recordes.

Data: 12/05/2024

Local: Rio Teles Pires, Itaúba/MT

Espécie: (Arapaima gigas)

Modalidade: Comprimento

Peso / Comprimento: 143cm

Recorde: Mato-grossense

Como registrar recordes

Quem pode homologar um Recorde?

Qualquer pessoa, de qualquer idade e sexo, desde que Brasileiro ou Sul-Americano e de acordo com as regras de cada categoria específica.

Que espécie de peixe pode ser homologada como Recorde?

Qualquer espécie, sem exceção, de água doce ou salgada, desde que seja uma espécie válida e com um nome científico reconhecido. O peixe deve ser identificável com base em fotos. Também será admitida a homologação de híbridos, caso seja possível identificar as duas espécies padreadoras, de acordo com as características presentes no peixe capturado (híbrido).

Somente posso homologar peixes pescados no Brasil?

Não, para brasileiros não teremos limitações territoriais. Será admitida a homologação de qualquer espécie, pescada em qualquer lugar do mundo.

O que é preciso para se homologar um recorde?

É necessário obter uma régua ou uma balança Oficial BGFA. Cumprir todas as regras determinadas para cada modalidade (Peso ou Comprimento), sem qualquer exceção. Submeter o pedido de homologação à análise da BGFA. Também serão admitidas para aferição de comprimento as réguas da IGFA, apenas. Não será admitida qualquer outra.

Serão admitidos os ‘alicates’ da marca Boga Grip, bem como qualquer balança digital (que não a Oficial BGFA), desde que sejam submetidas aos testes de aferição e autenticação da BGFA.

Paguei a análise do Recorde, ele é automaticamente homologado?

Não. O valor pago destina-se apenas para que seu pedido seja submetido à análise a aprovação da BGFA. Ele não garante que seu recorde será homologado. Caso todas as regras tenham sido seguidas, sem exceção, seu recorde será homologado, sem qualquer custo extra. Caso seu pedido não preencha todos os requisitos, ele será indeferido e não haverá restituição do valor pago.

Paguei a análise do Recorde, ele é automaticamente homologado?

Não. O valor pago destina-se apenas para que seu pedido seja submetido à análise a aprovação da BGFA. Ele não garante que seu recorde será homologado. Caso todas as regras tenham sido seguidas, sem exceção, seu recorde será homologado, sem qualquer custo extra. Caso seu pedido não preencha todos os requisitos, ele será indeferido e não haverá restituição do valor pago.

O que está incluso na homologação?

Inclui a entrada para o nosso Hall da Fama. Uma vez no Hall, você terá seu recorde incluído em nosso site Oficial e perfil do Instagram. Há algumas opções de pacotes de homologação.

*Por Karleandria Araújo, estagiária sob supervisão de Clarissa Bacellar

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Theatro da Paz, em Belém, será candidato a Patrimônio da Humanidade

A estrutura e importância do Theatro da Paz serão tópicos essenciais durante evento realizado em agosto. Teatro Amazonas, de Manaus (AM), também será candidato.

Leia também

Publicidade