Publicidade

Meio Ambiente

Home > Noticias > null

Combate a Poluição do Ar é tema da Semana do Meio Ambiente do Tocantins

A programação acontecerá entre 3 e 7 de junho, e será realizada pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins)

Portal Amazônia, com informações da Agência Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


De 3 a 7 de junho, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) vai dedicar suas atividades e parceria na programação de celebração da Semana Nacional do Meio Ambiente do Estado, que em 2019 traz o tema, Combata a Poluição do Ar,  para a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado anualmente no dia 5 de junho e neste ano terá como país sede das comemorações, a China.


Em comemoração a data, na última sexta-feira (31), a Gerência de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico, da Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins iniciou uma campanha de arrecadação de livros para abastecer a Geladeiraoteca, que contemplou o espaço de convivência do Instituto e será aberta na Semana do Meio Ambiente, para doações e trocas contínuas de leituras entre os frequentadores. Essa iniciativa faz parte do projeto Geladeira Solidária, da Universidade Federal do Tocantins (UFT).


"A Semana do Meio Ambiente do Tocantins será celebrada com ações de sensibilização e atividades conjuntas entre órgãos parceiros do Estado e municípios. Essa iniciativa tem a perspectiva de obter avanços no desempenho de medidas que incentivam o compromisso proposto pelo Governo do Estado, para alinhar qualidade de vida, preservação do meio ambiente, desenvolvimento agropecuário, turístico e econômico, de forma sustentável", declarou Marcelo Falcão, presidente do Naturatins.


Tema


Marcelo Falcão considera relevante o tema adotado para 2019, que neste início do período de estiagem vem ao encontro das iniciativas e parcerias firmadas entre o Naturatins, os órgãos ambientais e os diferentes seguimentos da sociedade compromissados com a preservação do meio ambiente do Estado.
 
Foto:Divulgação
 


Na Semana do Meio Ambiente os esforços ambientais são concentrados para a sensibilização das comunidades a respeito da importância das unidades de conservação, da preservação do meio ambiente e seus diferentes tipos de ecossistemas, com a realização de atividades abertas ao público, nas escolas, praias, parques, nas áreas urbanas e rurais.


ONU


A Organização das Nações Unidas (ONU) sugere que as organizações atuem na sensibilização com a oferta de palestras, incentivo à coleta de lixo, realização de workshops, apresentação de projetos ambientais, oficinas de reaproveitamento, dicas de consumo sustentável ou pratica de plantio de mudas de árvores em espaços públicos. O objetivo é promover o encorajamento de ações no mundo todo a favor da preservação ambiental e chamar a atenção para soluções ambientais.


Saúde e Economia


De acordo com a ONU, a exposição à poluição do ar que causa uma série de problemas à saúde e ao crescimento econômico excede os níveis considerados seguros da Organização Mundial da Saúde (OMS), alcança nove em cada dez pessoas no mundo e custam à economia global cinco trilhões de dólares a cada ano.


As emissões urbanas nocivas são consideradas como fatores de riscos das doenças crônicas não transmissíveis, entre elas as cardíacas, pulmonares e de acidentes vasculares cerebrais; além de intensificar o aquecimento global.

 
Foto:Divulgação/Governo do Tocantins
 


Calendário Ambiental


O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 15 de dezembro de 1972, tem a proposta de alertar governos mundiais e suas respectivas populações sobre a necessidade de prevenir a degradação do meio ambiente por meio da implantação de medidas de proteção.


No Brasil, por meio do Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981, foi instituída a Semana Nacional do Meio Ambiente, a ser celebrada na primeira semana do mês de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. Essa semana de celebração tem por finalidade promover a participação nacional na preservação do patrimônio natural do País.




 
Meio Ambiente

Combate a Poluição do Ar é tema da Semana do Meio Ambiente do Tocantins

A programação acontecerá entre 3 e 7 de junho, e será realizada pelo Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins)

Portal Amazônia, com informações da Agência Tocantins

jornalismo@portalamazonia.com


De 3 a 7 de junho, o Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) vai dedicar suas atividades e parceria na programação de celebração da Semana Nacional do Meio Ambiente do Estado, que em 2019 traz o tema, Combata a Poluição do Ar,  para a celebração do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado anualmente no dia 5 de junho e neste ano terá como país sede das comemorações, a China.


Em comemoração a data, na última sexta-feira (31), a Gerência de Suporte ao Desenvolvimento Socioeconômico, da Diretoria de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins iniciou uma campanha de arrecadação de livros para abastecer a Geladeiraoteca, que contemplou o espaço de convivência do Instituto e será aberta na Semana do Meio Ambiente, para doações e trocas contínuas de leituras entre os frequentadores. Essa iniciativa faz parte do projeto Geladeira Solidária, da Universidade Federal do Tocantins (UFT).


"A Semana do Meio Ambiente do Tocantins será celebrada com ações de sensibilização e atividades conjuntas entre órgãos parceiros do Estado e municípios. Essa iniciativa tem a perspectiva de obter avanços no desempenho de medidas que incentivam o compromisso proposto pelo Governo do Estado, para alinhar qualidade de vida, preservação do meio ambiente, desenvolvimento agropecuário, turístico e econômico, de forma sustentável", declarou Marcelo Falcão, presidente do Naturatins.


Tema


Marcelo Falcão considera relevante o tema adotado para 2019, que neste início do período de estiagem vem ao encontro das iniciativas e parcerias firmadas entre o Naturatins, os órgãos ambientais e os diferentes seguimentos da sociedade compromissados com a preservação do meio ambiente do Estado.
 
Foto:Divulgação
 


Na Semana do Meio Ambiente os esforços ambientais são concentrados para a sensibilização das comunidades a respeito da importância das unidades de conservação, da preservação do meio ambiente e seus diferentes tipos de ecossistemas, com a realização de atividades abertas ao público, nas escolas, praias, parques, nas áreas urbanas e rurais.


ONU


A Organização das Nações Unidas (ONU) sugere que as organizações atuem na sensibilização com a oferta de palestras, incentivo à coleta de lixo, realização de workshops, apresentação de projetos ambientais, oficinas de reaproveitamento, dicas de consumo sustentável ou pratica de plantio de mudas de árvores em espaços públicos. O objetivo é promover o encorajamento de ações no mundo todo a favor da preservação ambiental e chamar a atenção para soluções ambientais.


Saúde e Economia


De acordo com a ONU, a exposição à poluição do ar que causa uma série de problemas à saúde e ao crescimento econômico excede os níveis considerados seguros da Organização Mundial da Saúde (OMS), alcança nove em cada dez pessoas no mundo e custam à economia global cinco trilhões de dólares a cada ano.


As emissões urbanas nocivas são consideradas como fatores de riscos das doenças crônicas não transmissíveis, entre elas as cardíacas, pulmonares e de acidentes vasculares cerebrais; além de intensificar o aquecimento global.

 
Foto:Divulgação/Governo do Tocantins
 


Calendário Ambiental


O Dia Mundial do Meio Ambiente foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) no dia 15 de dezembro de 1972, tem a proposta de alertar governos mundiais e suas respectivas populações sobre a necessidade de prevenir a degradação do meio ambiente por meio da implantação de medidas de proteção.


No Brasil, por meio do Decreto nº 86.028, de 27 de maio de 1981, foi instituída a Semana Nacional do Meio Ambiente, a ser celebrada na primeira semana do mês de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente. Essa semana de celebração tem por finalidade promover a participação nacional na preservação do patrimônio natural do País.




 

TAG tocantinsmeio ambiente