Lens Produções mostra curtas-metragens que serão lançados em 2017

Após o sucesso do produção ‘O Gato’, a Lens Produções prepara o lançamento de mais cinco curtas-metragens para 2017. No dia 9 de dezembro, o grupo prepara o evento ‘Lens Conferência de Projetos 2016’, às 19h, no auditório da Unidade 6 do Uninorte, localizado na Avenida Joaquim Nabuco, 1469. 

De acordo com o idealizador da Lens Produções, Lucas de Simões, o objetivo é mostrar para o mercado brasileiro a força do audiovisual da Amazônia. “Viemos para deixar uma marca, e assim expandir todos os horizontes cinematográficos possíveis em nosso Estado. Somos mais de 20 profissionais tentando mostrar que é isso é possível, apesar de todas as dificuldades e desafios”, justificou.

Foto: Reprodução/YouTube
Um dos sucessos da produtora é o curta-metragem de época amazonense ‘O Gato’, lançado em abril deste ano. A produção foi escrita e dirigida por Lucas Simões que, em 2014 foi premiada na categoria ‘Melhor Filme’ no Festival Um Amazonas.
Os filmes com lançamentos previstos para 2017, são:

“O Refúgio”, de Raimundo Crispim: 

Sophia tem uma vida conturbada e usa a escola, os amigos e os namorados como um refúgio dos seus problemas, mas isso acaba não sendo suficiente, fazendo com que ela entra em uma jornada de autodescoberta.

“Máscara Vermelha”, de Lucas Simões: 

Máscara Vermelha é tido como um anti-herói na pequena cidade de Velha Comarca. Sem apoio da polícia, e apenas o povo ao seu lado, vê-se comprometido a ajudar o prefeito da cidade quando sua filha é sequestrada.

“Folhas Brancas”, de Matheus Mota:

Este curta-metragem conta a história de Jorge, pai de Marcos, que tem uma doença degenerativa chamada Alzheimer. O filme mostra toda a evolução da doença e os impactos dela dentro da família.

“A Caixa”, de Davi Penafort: 

Erick é um psicólogo conceituado, que trabalha o necessário e julga viver sua própria vida dentro de padrões normais e que não o aflijam, porém, ele se vê em um grande labirinto quando um dos seus pacientes o confronta com o real sentido do que significa viver.

“O Imitador”, de Igor Paiva: 

André, um jovem rapaz, busca vingança contra o homem que destruiu seu pai. Em sua jornada, ele passará por muitas situações, que trarão consequências enormes para sua vida.
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

XTERRA Amazônia mobiliza 800 atletas em Novo Airão, no Amazonas

Localizada às margens do Rio Negro, a cidade de Novo Airão, no interior do Amazonas, recebeu no último sábado...

Leia também

Publicidade