Criançada cai na folia durante Baile Infantil do Studio 5, em Manaus


Galpão do Studio 5 lotado com o Baile Infantil. Foto: Portal Amazônia/Isaac GuerreiroMANAUS – No Carnaval de Manaus não só os adultos têm espaço para se divertir. As crianças também podem cair na folia. E foi o que aconteceu no último domingo (7) durante a 7ª edição do Baile Infantil do Studio 5. A festinha especial para as crianças reuniu a criançada super produzida pra brincar Carnaval de maneira segura mas não menos agitada.
Com a presença dos pais e responsáveis, no Bailinho os pequenos puderam se divertir com outras crianças ao som das marchinhas de Carnaval. Além disso, eles se divertiram nos brinquedos disponíveis, como a cama elástica, o tobogã e os jogos.
A mãe e arquiteta, Cristina Flores, de 33 anos trouxe a filha mais nova para curtir o baile. Ela junto com a filha se fantasiaram e vieram para festa. “Eu me sinto segura de trazê-la. E querendo ou não, a gente acaba se divertindo com eles também. É a primeira vez que eu trago ela aqui, mas com certeza vou trazê-la de novo no ano que vem”.Mas não é só a segurança para as crianças que fez os país comparecem. Outro fator que atrai é a competição de fantasias. Um dos candidatos foi o filho da Fernanda, autônoma de 32 anos. Ela fez fantasia de um personagem clássico do cinema mundial, Edward Mãos-de-Tesoura. “Demorou dois dias para fazer a fantasia. Várias pessoas vieram me elogiar pela fantasia dele. Foi ele que escolheu”.
Fantasiado de Edward Mãos-de-Tesoura posando para a foto. Foto: Portal Amazônia/Isaac Guerreiro
Os pais e as crianças se divertiram muito na festa. De acordo com o analista de sistemas, Márcio Farias, os filhos não pararam um segundo. “Eu não tenho pique mais para acompanhá-los. Eles estão brincando, correndo e pulando a uma hora. Eu cansei logo nos primeiros minutos”, disse aos risos.Veja a galeria de fotos com todos esses pequenos fantasiados.[[galeria
Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Camu-camu é usado para enriquecer farinha de mandioca

Desidratados sob diferentes métodos tecnológicos, os resíduos agroindustriais de frutos de camu-camu, adicionados à farinha de mandioca, incrementaram significativamente os produtos finais.

Leia também

Publicidade