Cúpula Kwarahy: astronomia é ‘carro-chefe’ das atividades no Centro de Ciências e Planetário do Pará

No Planetário do Pará, a Astronomia é abordada durante as sessões que ocorrem na cúpula de projeções Kwarahy, que possui 11m de diâmetro e capacidade para 105 espectadores.

Em Belém, o Centro de Ciências e Planetário do Pará (CCPPA), vinculado à Universidade do Estado do Pará (Uepa), destaca-se como um espaço que possibilita o ensino e a aprendizagem de variados conhecimentos científicos, principalmente relacionados à Astronomia. A área é considerada a mais antiga das ciências – devido às especulações sobre a natureza do universo remontarem aos tempos pré-históricos -, sendo responsável por estudar os corpos celestes, tais como planetas, asteroides, cometas, estrelas e galáxias.

No Planetário do Pará, a Astronomia é abordada durante as sessões que ocorrem na cúpula de projeções Kwarahy, que possui 11m de diâmetro e capacidade para 105 espectadores. Ela conta com o projetor de planetário Zeiss Skymaster, instrumento que projeta cerca de sete mil estrelas, constelações, lua e planetas. 

É possível simular o céu de qualquer lugar do globo terrestre, além de funcionar como máquina do tempo, apresentando o céu conforme era visto em qualquer época do passado ou futuro.

Foto: Monique Hadad/UEPA

A denominação atribuída à cúpula – Kwarahy – vem do tupi-guarani e significa Sol, elemento natural de grande importância para os povos indígenas, assim como para todos os povos. Atualmente, o Planetário do Pará exibe cinco sessões: Eukarya, Viagem Sideral, Uma Aventura no Planetário, Aniversário do Pingo e Príncipe Sem Nome, além de realizar sessões interativas, que visam o reconhecimento do céu e a identificação de constelações e planetas, destacando também curiosidades sobre o assunto, de acordo com o céu projetado.

Outro ambiente do CCPPA que explora a Astronomia é o Centro de Ciências, o qual possui plotagens das constelações do zodíaco e de sondas espaciais, maquete do sistema solar e conta com o experimento da cama elástica, utilizada para demonstrar a Teoria da Relatividade Geral (TRG), de Albert Einstein. No espaço da Biologia, também há um painel sobre a origem e evolução da vida e do universo.

Ações 

De acordo com o diretor do CCPPA, José Roberto Silva, a Astronomia é o “carro-chefe” das atividades do Planetário do Pará. “A sessão de cúpula tem sido um atrativo significativo para os nossos visitantes, sejam eles vindos de escolas públicas, particulares, ou o público em geral. Percebemos que as pessoas ficam maravilhadas com o que é apresentado durante as sessões. Então, essa relação com a Astronomia tem uma importância muito grande para o CCPPA”, afirma o professor.

O diretor do Planetário do Pará lembra que a própria origem do local está relacionada a um fenômeno astronômico: “A implantação do Planetário ocorreu a partir de um eclipse solar anular, que ocorreu em 1995. Após, iniciaram as tratativas para a sua inauguração, que ocorreu em 1999, pela Universidade do Estado do Pará (Uepa)”.

O CCPPA promove atividades voltadas à Astronomia, como a observação do céu noturno, quando as condições climáticas estão favoráveis, nas quais os visitantes conseguem visualizar satélites, planetas e constelações, através de telescópios. Em 2023, dois fenômenos astronômicos atraíram um grande público no Centro: a superlua, em agosto, e o eclipse solar, em outubro. Neste último, houve a distribuição gratuita de 1.500 ingressos, que se esgotaram em menos de 24 horas.

Foto: Reprodução/UEPA

“Esses eventos foram um sucesso e, neste ano, continuaremos a desenvolver atividades voltadas à Astronomia, que é inter-relacionada com as demais áreas científicas contempladas no nosso Centro, como a Matemática, Física, Química e Biologia. O CCPPA é um espaço da ludicidade, de conhecimento e de extensão da Universidade do Estado do Pará”,

destaca o diretor.

A Astronomia é uma paixão para o estagiário de Física do CCPPA, Vinícius Souza, de 23 anos. Ele é discente do sexto semestre do curso de Bacharelado em Física e sempre gostou de observar o céu e compreender o funcionamento do universo. Atuando no Planetário do Pará desde março de 2023, Vinícius tem contato com a Astronomia na rotina diária de suas atividades como monitor.

“Parte do meu trabalho como monitor de Física é falar sobre Astronomia, relacionar seus conceitos com a Física e com o nosso cotidiano. Trabalhar no Planetário é muito interessante, pois proporciona experiências incríveis, como foi o caso dos eventos da superlua e do eclipse solar. Aqui, aumento cada vez mais o conhecimento sobre a área que gosto, além de ajudar na minha carreira profissional e até pessoal, pois era muito tímido e, com a rotina de apresentações, pude amenizar minha timidez”, conta Vinícius. Após concluir a graduação, o estudante objetiva atuar na Astronomia, área da ciência que tanto o encanta. 

Visitações

O CCPPA é aberto à visitação do público em geral, sem a necessidade de agendamento prévio, em dois dias: quarta-feira, com entrada gratuita, das 14h30 às 17h30; e sábado, das 8h30 às 11h30. O valor da entrada, aos sábados, custa R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia.

O Centro de Ciências e Planetário do Pará também recebe visitações escolares e em grupos, de terça a sexta-feira, mediante agendamento, que pode ser efetuado pelo telefone (91) 3284-9116, e-mail: agenda.planetario@uepa.br ou presencialmente, no Planetário do Pará, de segunda a sexta-feira, das 8 h às 16 h. O espaço está localizado na Rodovia Augusto Montenegro, s/n°, km 03, ao lado do Mangueirinho.  

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Riqueza botânica do Parque Estadual da Serra dos Martírios é registrada em livro 

O livro é fruto do trabalho de sete pesquisadores do Ideflor-Bio, da Embrapa Amazônia Oriental e da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Leia também

Publicidade