UEA está presente no ranking das universidades mais sustentáveis do mundo

UEA é a única do Amazonas incluída na lista. O índice avalia e classifica os esforços em sustentabilidade e gestão ambiental das Instituições de Ensino Superior (IES) em todo o mundo.

Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Foto: Divulgação/Ascom-UEA

Pelo quarto ano consecutivo, a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) integra o ranking do UI GreenMetric, sendo a única do Estado do Amazonas incluída na lista. O índice avalia e classifica os esforços em sustentabilidade e gestão ambiental das Instituições de Ensino Superior (IES) em todo o mundo. O ranking 2023 foi divulgado durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 28).

No ranking, as universidades recebem uma pontuação em seis categorias: ambiente e infraestrutura; energia e mudanças climáticas; resíduo; água; transporte; e ensino e pesquisa. Nesta edição, a UEA melhorou seu desempenho em quatro categorias, elevando sua pontuação neste ano, que passou de 1.825 (em 2022) para 2.910 em 2023.

O reitor da UEA, Prof. Dr. André Zogahib, afirmou que o reconhecimento é resultado dos esforços da universidade voltados à sustentabilidade. 

“Temos muitas ações para sermos uma universidade sustentável e isso envolve não apenas os aspectos relacionados à gestão em termos de economia de recursos e uso sustentável, mas também em relação ao que produzimos em termos de tecnologia, visando a sustentabilidade. Essa missão demonstra que a UEA desempenha um papel significativo na busca por uma sociedade mais sustentável”, 

disse.

Do total de 1.183 IES participantes, 43 são instituições brasileiras, das quais apenas três são da região Norte: Universidade Federal do Acre (Ufac), Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), além da UEA. A universidade amazonense participa do ranking desde 2020 e, desde então, vem levantando esforços em prol da sustentabilidade.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: qual a função de uma ‘área de preservação permanente’?

As APP são consideradas um instrumento essencial à política de preservação ambiental.

Leia também

Publicidade