Setor turístico de Rondônia se fortalece com ações estaduais para atrair mais público

Em Rondônia, o mapa é composto pelas regiões: Madeira-Mamoré; Vale do Jamari; Príncipe da Beira; Vale do Guaporé; Zona da Mata; Rios de Rondon e Rotas das Águas. 

O fortalecimento do setor turístico em Rondônia vem alcançando resultados positivos no primeiro trimestre de 2024. Com ênfase para programas, projetos, exposições, capacitações e a adesão da população aos atrativos, tem ganhado notoriedade devido às políticas públicas de incentivo do Estado.

Uma das causas desta visibilidade ocorre com as ações do Projeto Rondônia Tem Turismo, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), cujo objetivo é promover as regiões turísticas do Estado, mobilizando a população para identificar os principais atrativos.

Programa Rondônia Tem Turismo, promove as regiões, mobilizando a população para identificar os principais atrativos. Foto: Divulgação

Outra implementação importante da atual gestão é o Programa Viaja Mais Servidor, utilizado principalmente, no início do ano, quando ocorre o período de férias. A oportunidade gerou receptividade entre os servidores públicos que puderam aproveitar os benefícios de descontos de até 50% em diversas opções de visitação, como balneários, parques aquáticos e locais de valorização histórica.

Em 2024, o projeto atingiu a marca de 106 empresas parceiras, entre hotéis, pousadas, agências de viagens e transportes, bares, lojas de conveniência e restaurantes, contribuindo para a movimentação da economia no estado.

Para o governador Marcos Rocha, o crescimento do setor é considerado uma peça fundamental para o progresso. “Temos a satisfação de elevar o desenvolvimento de Rondônia, com ações no setor de Turismo, o que têm resultado em oportunidades de negócios e geração de empregos, para que nossa sociedade seja cada vez mais transformada. Todo o trabalho segue o Mapa de Regionalização Turística, dividido em sete pólos para que as políticas públicas cheguem em cada realidade”, salientou.

Em Rondônia, o mapa é composto pelas regiões: Madeira-Mamoré; Vale do Jamari; Príncipe da Beira; Vale do Guaporé; Zona da Mata; Rios de Rondon e Rotas das Águas. O instrumento, criado pelo Ministério do Turismo, permite tomar melhores decisões e implementar políticas que respeitem as peculiaridades dos municípios.

Balneários se tornaram uma das principais opções de lazer para famílias e amigos. Foto: Divulgação

 Pesca esportiva

O turismo de pesca esportiva foi reforçado nos primeiros meses, com a participação do Governo na 16ª edição da Feira Pesca & Companhia, e no 2º Fórum Nacional de Turismo de Pesca, em São Paulo. O evento reuniu empresários do setor, como fabricantes, importadores, operadores turísticos, agentes de viagens e outros agentes públicos, envolvidos com o turismo pesqueiro.

Segundo o secretário de Estado do Turismo, Gilvan Pereira, a evolução da pesca esportiva em Rondônia vem crescendo e a atuação da gestão governamental junto ao segmento tornou-se essencial. “O Estado tem um potencial turístico, especialmente, em setores específicos. Portanto, participar desses eventos soma-se às diversas oportunidades que encontramos, possibilitando assim, a troca de experiências que enriquecem a missão”, declarou.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Associação Yanomami ganha prêmio por campanha publicitária em que estátua indígena foi enviada para indicados ao Oscar 2023

A campanha teve a intenção de conscientizar as estrelas de Hollywood para que elas usem de sua influência global e ajudem na causa Yanomami.

Leia também

Publicidade