Manaus 30º • Nublado
Domingo, 17 Outubro 2021

SES-AM envia mais 30 concentradores e 10 cilindros de oxigênio para Humaitá

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) enviou, neste domingo (21), mais 30 concentradores e 10 cilindros de oxigênio para o município de Humaitá, a 590 quilômetros de Manaus. Os equipamentos e os insumos irão auxiliar na assistência à saúde geral e no tratamento de pacientes com Covid-19 do município, que também conta com uma usina de geração independente de oxigênio medicinal (O2), em funcionamento em seu Hospital Regional.

O secretário executivo de assistência do interior da SES-AM, Cássio Espírito Santo, destaca o envio dos equipamentos e insumos. "Os concentrados e cilindros irão ajudar Humaitá, que recebe a pressão da demanda de Porto Velho, apesar da situação em Humaitá estar controlada. Ontem, a gente acompanhou e tinha 47 cilindros de oxigênio cheios e outros 25 em trânsito de Porto Velho para Humaitá. O Amazonas sempre teve essa parceria com Rondônia, porque eles recebem os nossos pacientes de Humaitá, independentemente da Covid-19 e antes mesmo da pandemia".


Foto: Divulgação

Segundo o secretário, em fevereiro, o Governo do Estado enviou para o município cinco concentradores, equipamento que armazena e filtra as moléculas de oxigênio em seu interior e envia o ar purificado e concentrado ao paciente, através de cânulas ou máscaras; e também uma usina de geração independente de oxigênio medicinal (O2), em funcionamento no Hospital Regional de Humaitá.

Os concentradores e os cilindros saíram da Gerência de Patrimônio (Gepat) da SES-AM, na manhã deste domingo (21/03), e foram transportados para Humaitá em uma aeronave da Casa Militar do Estado, que atua no apoio logístico de transporte e entrega de equipamentos, insumos e vacinas contra a Covid-19 no Amazonas.

Gratidão

Retribuindo o apoio dado ao Amazonas no período mais crítico da pandemia, entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, o Governo do Estado deu início à "Operação Gratidão" com uma série de medidas para auxiliar os estados da federação.

O Amazonas acolheu 27 pacientes acometidos pela doença, sendo 24 de Rondônia e três do Acre. Além de receber pacientes, o Estado passou a enviar, para estados vizinhos, insumos que possam minimizar os transtornos causados pelo aumento significativo no número de ocorrências pela doença.

O Governo do Estado já enviou 50 concentradores de oxigênio para Rondônia. Uma miniusina de oxigênio emprestada pelo Hospital do Amor da Amazônia, de Rondônia, está sendo devolvida àquele estado. Foram enviadas três usinas da empresa White Martins, fornecedora de oxigênio do Estado, que estavam desativadas, duas para Santa Catarina e uma para o Acre.

Também foram enviadas 18 mil unidades de medicamentos para tratamento da Covid-19, dentre os quais neurobloqueadores e sedativos para Rondônia; além de 10 respiradores que serão enviados para Goiás; bombas de infusão seguirão para o Maranhão, e 200 cilindros de oxigênio estão sendo emprestados ao Paraná. 

Veja mais notícias sobre SaúdeAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 17 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/