Manaus 30º • Nublado
Quarta, 20 Outubro 2021

Secretaria de Saúde do Pará divulga alerta sobre registro da síndrome mão-pé-boca em crianças

Secretaria de Saúde do Pará divulga alerta sobre registro da síndrome mão-pé-boca em crianças

No Pará, as secretarias municipais de saúde, os profissionais da área e a população devem ficar atentos ao registro de casos da síndrome mão-pé-boca. O alerta é da  Secretaria Estadual de Saúde (Sespa).


Segundo a pasta, a doença é mais comum em crianças com menos de cinco anos de idade e é causada por um vírus da mesma família da varicela, o que tem levado ao diagnóstico errado de catapora, que possui sintomas semelhantes.


A síndrome mão-pé-boca causa febre alta, surgimento de manchas vermelhas na boca, amídalas e faringe, que podem evoluir para ulcerações muito dolorosas.

Foto:Divulgação 

Também pode ocorrer erupção de pequenas bolhas em geral nas palmas das mãos e nas plantas dos pés; mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia.


 

Apesar de a síndrome não ser uma doença de notificação obrigatória, a Sespa pede aos municípios que verifiquem e informem a existência de surtos, casos graves ou pessoas hospitalizadas com os sintomas.


 

A transmissão da síndrome mão-pé-boca ocorre por meio do contato direto com fezes, saliva e outras secreções de pessoas infectadas ou por meio de alimentos e objetos contaminados.


 

Não existe vacina contra a doença. O tratamento é feito com medicamentos antivirais.


 

Entre as ações para prevenir a síndrome estão: evitar o contato muito próximo com a pessoa doente; cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir; manter um nível adequado de higienização da casa, das creches e das escolas; não compartilhar mamadeiras, talheres ou copos; afastar as pessoas doentes da escola ou do trabalho até o desaparecimento dos sintomas.



Veja mais notícias sobre Saúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/