Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 15 Agosto 2020

Amazonas recebe mais de 140 mil equipamentos de proteção e materiais de empresas privadas

doacoes epi

O Governo do Amazonas recebeu nesta terça-feira (19/05) mais de 140 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e materiais que foram doados por empresas privadas ao sistema público de saúde. As doações vão auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19) no Estado.


Dentre os itens doados estão máscaras, aventais, colchões, travesseiros, fronhas e lençóis. As doações vão auxiliar no enfrentamento ao novo coronavírus no Estado. (Foto: Charles Pessoa/Secom-AM)

Dentre os itens doados estão máscaras, aventais, colchões, travesseiros, fronhas e lençóis. O material foi fornecido por quatro empresas: Ambev, Ball, Carrefour e Klabin. As entregas foram realizadas na Central de Medicamentos do Amazonas (Cema), na zona sul de Manaus. O material recebido será distribuído para as unidades de saúde da capital e interior do estado.


De acordo com o coordenador da Cema, Rafael Poloni, as empresas doadoras têm acesso aos locais a que foram destinados os equipamentos, e esse trabalho integrado e humanitário tem sido importante na luta contra o coronavírus.



"A Central de Medicamentos do Amazonas agradece imensamente cada doação. Foram mais de 70 mil equipamentos de proteção individual doados, que vão ser distribuídos para todas as unidades de saúde do estado, tanto capital quanto interior", disse Rafael, ao destacar também a doação de centenas de colchões, travesseiros e lençóis para unidades de saúde. "É de extrema importância essa colaboração da iniciativa privada junto ao Governo do Estado", completou.

Rafael Poloni ressaltou que as doações podem ser recebidas a qualquer momento, sem prévio agendamento e, dependendo da urgência do material, a Cema distribui já distribui os itens para unidades hospitalares de forma imediata.



A Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagens do Brasil, entregou aproximadamente 80 mil itens. Segundo o gerente industrial da Klabin, Fernando Tofanini, cada atitude conta, e essa integração entre o setor público e o privado favorece o enfrentamento à pandemia.


"A Klabin é uma empresa cidadã, que preza pela saúde e a segurança das comunidades no entorno de suas operações. Totalizamos R$ 1 milhão em doações em Manaus e estamos entregando hoje 400 colchões, 400 travesseiros, peças de roupas de cama, além de máscaras, aventais, toucas e outros itens hospitalares essenciais neste momento", afirmou Tofanini.


Pela terceira vez, a Ambev realizou doação e desta vez entregou 10 mil máscaras N95. A rede de supermercados Carrefour entregou 5 mil máscaras de acrílico e 50 mil máscaras descartáveis.


Carlos Eduardo Saco, diretor comercial do Carrefour, explicou que a doação é voltada à saúde dos profissionais que estão na linha de frente em combate ao coronavírus. "O Carrefour já faz esse trabalho com ONGs (Organizações Não Governamentais) em vários estados do país, e tem uma ONG aqui que faz um trabalho com a comunidade indígena que é um próximo passo de doação, ampliando o processo de doação para as tribos indígenas", disse.


A empresa de embalagens Ball realizou a entrega de 3.230 máscaras N95, 4.500 fronhas e lençóis hospitalares, além de 500 unidades de macacão Tyvek.

Veja mais notícias sobre AmazonasSaúde.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 15 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection