Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 09 Mai 2021

Rio Branco se prepara para abrigar famílias que podem ser afetadas por enchente

Rio Branco se prepara para abrigar famílias que podem ser afetadas por enchente
O município de Rio Branco já começou a se preparar para abrigar famílias que podem ser afetadas pela enchente deste ano. Após subir cerca de três metros, nos últimos quatro dias, o rio Acre registrou, na manhã desta terça-feira (15), a marca de 12,59 metros de profundidade.

Veja também: Defesa Civil alerta para risco de inundações em Pimenta Bueno, Rondônia

O chefe da Casa Civil do Estado, José Ribamar Trindade, se reuniu com membros da Defesa Civil municipal e Corpo de Bombeiros para começarem a se organizar para um possível cenário de alagação na capital, onde a cota de emergência é de 13,50 metros de profundidade, enquanto a de transbordamento é de 14 metros.

Durante o encontro na Casa Civil, o grupo destacou que esta é a fase de preparação, colocando em prática o Plano de Contingência 2019 de Rio Branco e já se organizando para a construção de 50 a 100 boxes de abrigo para famílias no Parque de Exposição.
 
Foto: Odair Leal/Secom 
“A Defesa Civil da prefeitura nos passou números e algumas medidas que precisam ser tomadas neste momento. E o Estado se propõe a ajudar naquilo que for possível e, dentro das nossas possibilidades, vamos começar a fazer o levantamento das necessidades e ver como podemos ajudar a prefeitura dando todo o apoio logístico para um serviço de prevenção e, caso ocorra uma alagação, estejamos preparados”, conta José Ribamar.

Cheia: Chuva aumenta cota dos rios Negro, Solimões e Madeira no início deste ano

O Governo do Estado disponibilizou o parque de exposições para a prefeitura da capital. O local será utilizado para abrigar famílias, em caso de inundação. Também foram garantidos o fornecimento de água, por meio do Depasa, e o policiamento 24 horas do local, em caso de enchente.

De imediato, o parque de exposições passará por uma grande limpeza. Segundo a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, a construção dos abrigos inicia nesta terça-feira.
 
Foto: Odair Leal/Secom 
Alagação em Rio Branco

Segundo a Defesa Civil municipal, nos primeiros 13 dias de janeiro já choveu, em Rio Branco, quase 90% do esperado para todo o mês. Além disso, os meses de maior intensidade do inverno amazônico são fevereiro e março, ápice das chances de alagação.

A última grande alagação em Rio Branco foi registrada em 2015 como a maior da história, com uma enchente que atingiu quase um terço da capital e tendo como resultado mais de 10 mil pessoas desabrigadas.

Veja mais notícias sobre Atualidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 09 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/