Manaus 30º • Nublado
Domingo, 27 Novembro 2022

PF realiza nova operação contra suspeitos de desvios de verbas da saúde do Amazonas

PF realiza nova operação contra suspeitos de desvios de verbas da saúde do Amazonas
Em uma ação conjunta da Receita Federal, Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Federal, Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF), foi desencadeada na manhã desta quinta-feira (11), em Manaus, a “Operação CASHBACK”, com cumprimento de 16 Mandados de prisão e 40 de busca e apreensão em empresas e residências de suspeitos. A ação visa desarticular grupo vinculado a fraudes contra os cofres da administração pública do Estado do Amazonas, sendo mais um desdobramento da Operação Maus Caminhos. 

Ao todos, participam da operação 10 Auditores e 10 Analistas da Receita Federal, 150 policiais federais e 8 auditores da CGU. 

As investigações revelaram, numa análise preliminar realizada pela Receita Federal, que empresas fornecedoras de mercadorias e serviços para o Estado do Amazonas utilizavam notas fiscais e recibos frios para geração de despesas fictícias, que, além da redução de tributos a pagar, permitia a geração de “caixa 2”, o que, em tese, serviria para enriquecimento ilícito, pagamento de propinas e lavagem de dinheiro. Há suspeitas de que esse mecanismo só foi possível por meio do superfaturamento dos serviços e produtos fornecidos. 

m quatro anos essas empresas receberam mais de R$ 400 milhões do governo estadual, estimando-se que as fraudes perpetradas superem R$ 140 milhões (cento quarenta milhões de reais).

A Receita Federal estima que mais de R$ 58 milhões de reais deixaram de ser pagos em função da redução fraudulenta de tributos com despesas fictícias, que em valores atualizados, mais multa, podem alcançar montante superior a R$ 120 milhões (cento vinte milhões de reais).

Novas provas e informações devem ser obtidas com o desencadeamento da operação, dando uma maior dimensão dos prejuízos causados pelos criminosos. 

Atualizações

A PF pretende dar entrevista coletiva as 11h desta quinta-feira (11) na Superintendência da Polícia Federal, atualizando as informações sobre a operação.

Operação

O termo “CASHBACK”, refere-se à prática do retorno do dinheiro pago às empresas fornecedoras de produtos e serviços do Instituto Novos Caminhos ao líder da organização criminosa, para que fosse redistribuído a título de propina aos agentes públicos e políticos. 

Entenda

A operação "Maus Caminhos" investiga um grupo suspeito de participar de um esquema de desvio de verbas na Saúde do Amazonas, em que fazem parte ex-secretários e o ex-governador do Estado José Melo, além de sua esposa, Edilene Oliveira. AS fraudes foram identificada por meio de conversas telefônicas interceptadas entre o irmão de José Melo, Evandro Melo, e Mouhamad Moustafa.

Veja mais notícias sobre Atualidades.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 27 Novembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/