Manaus 30º • Nublado
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Polícia Federal desarticula quadrilha que caçava onças para usar peles como troféu

Polícia Federal desarticula quadrilha que caçava onças para usar peles como troféu
Na manhã desta segunda-feira (19) a Polícia Federal (PF) deflagrou a operação Mustache nas cidades de Rio Branco, Bujari, Capixaba e Senador Guiomard, no Acre. O objetivo é desarticular uma quadrilha que caçava onças pardas e pintadas para usar peles como tapetes e troféus. Oito mandatos de prisão coercitiva e 10 de de busca e apreensão foram cumpridos, além disso, duas pessoas foram presas. 
Peles e carcaças de animais foram apreendidos durante a operação. Foto: Quésia Melo/Rede Amazônica
De acordo com a PF, o grupo criminoso praticava a caça ilegal, principalmente de onças pintadas ou pardas, que estão na lista de animais em risco de extinção, além de outros animais silvestres. Segundo o delegado Victor Barbadela Negraes, a quadrilha não visava lucro com a caça e praticavam o crime como hobby.

"Começamos essa investigação há alguns meses durante uma operação que visava repelir a caça de animais silvestres, sobretudo de onças. Ainda teremos um bom tempo para apurar tudo, mas a suspeita é que esse grupo tenha matado centenas de onças no estado do Acre", disse.

Durante o cumprimento dos mandatos de busca da operação, foram apreendidos 42 quilos de carne de caça, peles de onça e carcaças de animais, como tatu e jabuti. De acordo com a PF, as carcaças eram guardadas como troféus de caça.

A polícia também descobriu uma estrutura montada para rinhas e localizou 140 galos de briga confinados em gaiolas. Ainda segundo a corporação, as brigas eram realizadas em um local bem estruturado e o grupo oferecia troféus para os donos dos galos campeões nas lutas.

Os investigados vão responder por associação criminosa, falsidade ideológica, porte ilegal de arma e caça ilegal de animal silvestre.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 03 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/