Manaus 30º • Nublado
Sexta, 24 Setembro 2021

Inpe oferece capacitação em monitoramento de florestas

Inpe oferece capacitação em monitoramento de florestas
O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais/Centro Regional da Amazônia (Inpe/CRA), instalado no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá (PCT Guamá), vai realizar entre os dias 9 e 12 de janeiro de 2017 a capacitação “Monitoramento de florestas por satélite utilizando o sistema TerraAmazon para projetos PRODES e TERRACLASS”. O curso é gratuito e voltado para profissionais graduados ou em último ano de graduação.

O candidato deve ter graduação finalizada ou estar cursando o último ano de Engenharia Cartográfica, Engenharia Florestal, Ecologia, Geologia, Biologia, Engenharia Ambiental, Agronomia ou áreas afins. É extremamente desejável experiência em sensoriamento remoto e geoprocessamento. Os interessados devem enviar o currículo lattes para os e-mails e , até às 10h da próxima sexta-feira, 6. Serão ofertadas 24 vagas.

Foto: Reprodução/Agência Pará

O curso será ministrado por Luis Waldyr Rodrigues Sadeck e Carlos da Costa Mesia, geógrafos e consultores do projeto de Capacitação em Monitoramento de Florestas por Satélite (Capacitree), iniciativa que já qualificou desde 2010 mais de 450 técnicos de países da América Latina, Ásia e África, a partir das tecnologias de mapeamento e monitoramento com o Sistema TerraAmazon, software desenvolvido pela Divisão de Processamento de Imagens (DPI/INPE) em parceria com a Fundação de Ciência, Aplicações e Tecnologia Espaciais (Funcate).

O Capacitree também gera material didático em forma de vídeo-aulas, disponibilizado em português, inglês, francês e espanhol, que pode ser utilizado gratuitamente em salas de aula de graduações e pós-graduações, facilitando a divulgação de ferramentas e repassando capacitação de forma didática.

“Estamos cumprindo as nossas missões, que são o monitoramento da Amazônia por satélite e a capacitação, caminhando para ser um centro de referência. Desenvolvemos tudo, porém nosso trabalho é contínuo. A diferença está no que vamos evoluir agora. Ao longo de seis anos de instalação no PCT Guamá, o CRA usufrui de toda uma infraestrutura inovadora que atende às demandas atuais e futuras na área de geotecnologias e tecnologias espaciais”, diz a chefe do CRA/INPE, Alessandra Gomes.

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 24 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/