Manaus 30º • Nublado
Quinta, 18 Abril 2024

Drones auxiliam ações de combate ao desmatamento ilegal em Mato Grosso

Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Mato Grosso (Sema-MT) utiliza drones como uma ferramenta crucial para o combate ao desmatamento ilegal no Estado. Os dispositivos sobrevoam grandes áreas e auxiliam os agentes de fiscalização a identificar indícios e flagrantes do crime ambiental de forma econômica e segura.

Antes dos agentes entrarem em campo, um sobrevoo inicial é importante para fazer o reconhecimento do perímetro e evitar que seja necessário percorrer quilômetros por via terrestre. Em muitos casos, a fiscalização consegue filmar máquinas sendo empregadas em crimes ambientais e infratores tentando ocultar suas ferramentas.

"Nesse primeiro voo, o intuito é identificar pessoas e máquinas, além de fornecer informações para a equipe de segurança, que é responsável por traçar uma metodologia para a abordagem presencial", detalha o analista de meio ambiente da Sema, Cezar Caminski Pereira.

Foto: Divulgação

Por captar imagens de alta resolução, os drones também viabilizam a obtenção de provas substanciais para a aplicação de multas, embargos, e responsabilizar o infrator nos processos administrativos abertos pelo órgão ambiental. Com nove anos de experiência na área, o analista ressalta que a ferramenta se tornou item indispensável nas operações desde 2019. "Eu mesmo, não me vejo no campo sem o auxílio de um drone. Com eles, temos o ganho de tempo, segurança, e provas de nexo causal", afirma.

A tecnologia é utilizada tanto nas operações coordenadas pela Gerência de Planejamento de Fiscalização e Combate ao Desmatamento (GPFCD), quanto pelas nove regionais distribuídas pelo interior do estado. Os drones também são utilizados na fiscalização da pesca predatória nos rios de Mato Grosso e de empreendimentos. O drone é um Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT), controlado remotamente pelo piloto. 

Operação Amazônia 

O Governo de Mato Grosso realiza a Operação Amazônia contra crimes ambientais, com equipes em campo e monitoramento remoto por imagens de satélite de alta resolução para responsabilizar os infratores. Desde o início do ano já foram aplicadas R$ 1,1 bilhão em multas ambientais e emitidos 2.596 autos de infração, de forma digital, diretamente no Sistema Integrado de Gestão Ambiental de Autuação (SIGA Autuação).

Serviço

Quem se deparar com um crime ambiental no Estado deve denunciar por meio dos contatos: da Polícia Militar (190), ouvidoria da Sema-MT (0800 065 3838) ou pelo novo WhatsApp para denúncias (65) 98153-0255.  

Veja mais notícias sobre Meio AmbienteMato Grosso.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 18 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/