Manaus 30º • Nublado
Quinta, 02 Dezembro 2021

Batalhão de Polícia Ambiental realiza mais de 1,6 mil resgates de animais em 2020

Mais de 1,6 mil resgates, entregas voluntárias e apreensões de animais foram realizadas pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) do Pará em 2020. Com o objetivo de garantir o policiamento ambiental preventivo e trabalhar de forma integrada com outros órgãos da área, a unidade atua em todo o estado do Pará.

No ano passado, foram registrados 1,1 mil animais resgatados, 399 foram entregues voluntariamente e 143 foram apreendidos pelo BPA, que é subordinado ao Comando de Policiamento Ambiental (CPA). As principais denúncias recebidas pela unidade foram perturbação de sossego; captura e resgate de animais; descarte irregular de lixo; e maus-tratos de animais.

Foto: Divulgação

 Segundo o major Moura, comandante do BPA, o efetivo do Batalhão é composto por 131 policiais militares, que possuem qualificação na área de meio ambiente. "Nós atuamos com policiamento preventivo e ostensivo a pé, embarcado, motorizado e até aéreo, caso seja necessário", explica.

Um dos principais desafios encontrados pelos policiais é a localização dos animais, que muitas vezes, ao se sentirem acuados, se escondem e ficam presos em locais de difícil acesso. O comandante do BPA afirma já terem resgatado animais em árvores, dentro de lagos, e até mesmo em canais.

O Batalhão realizou, em 2020, mais de 1,4 mil solturas de animais capturados que não estavam machucados e tinham condições de serem devolvidos para a natureza. Ano passado, também foram encaminhados 240 animais capturados aos órgãos parceiros do BPA, como o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-Bio), Museu Paraense Emílio Goeldi, Parque Zoobotânico Mangal das Garças, entre outros órgãos competentes e especializados, que garantiram o tratamento e cuidados necessários aos animais.

Prisão em flagrante por maus-tratos

No dia 7 de janeiro de 2021, a guarnição do Batalhão de Polícia Ambiental foi acionada pelo Centro Integrado de Operações (Ciop) para uma ocorrência de maus-tratos em dois cachorros, no conjunto CDP, em Belém. O BPA constatou a veracidade do fato e autuou o dono dos animais em flagrante delito por maus-tratos. O proprietário foi levado para a Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), onde foi preso.

Tartaruga

Neste mesmo dia, o BPA resgatou uma tartaruga, da espécie oliva, ameaçada de extinção, com duas nadadeiras amputadas, em Marituba, na Região Metropolitana de Belém. Ela foi encontrada em São Caetano de Odivelas, próximo a praia, apresentando dificuldade para se deslocar. Um mergulhador levou o animal para sua residência e acionou o Batalhão. A tartaruga foi transportada para a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e está recebendo todo suporte para o tratamento dos ferimentos.

Denúncias

As denúncias sobre resgate e captura de animais silvestres podem ser feitas através do 190. Ocorrências sobre maus-tratos de animais também podem ser feitas através do 181.

Veja mais notícias sobre Meio AmbientePará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 02 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/