Manaus 30º • Nublado
Domingo, 27 Novembro 2022

Projeto turístico leva alunos da rede municipal de ensino a aulas práticas no Centro Histórico de Boa Vista

Boa Vista tem 132 anos, mas nem todos sabem como a cidade surgiu. Através do projeto City Tour Pedagógico, lançado essa semana, alunos da rede municipal de ensino ganham a oportunidade de conhecer mais sobre o Centro Histórico de Boa Vista, por meio de aulas práticas e visitas guiadas aos monumentos e prédios históricos localizados à margem do Rio Branco, onde a cidade nasceu.

Com o projeto City Tour Pedagógico, alunos da rede municipal de ensino tem a oportunidade de conhecerem o Centro Histórico de Boa Vista. Foto: Jonathas Oliveira/Semuc/PMBV

Os primeiros 30 alunos a participar da aula especial foram da Escola Municipal Dalício Faria Filho. O roteiro começou com o desembarque no antigo Porto do Cimento, seguindo pela Orla Taumanan, Casarão da Família Brasil, Monumento aos Pioneiros, Sede da primeira fazenda, Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo, Escola São José, Casa João XXIII, Casa Bandeirante e no prédio da Intendência.

Até início de dezembro, serão 38 escolas atendidas, primeiramente, com as turmas do 5º Ano: sendo uma pela manhã (8h30 até 11h) e outra à tarde (14h30 até 17h). Quem ficou encantado com o que conheceu na aula foi o aluno Asaf David Monteiro, de 11 anos. "´Tô achando bem legal. É bom para o nosso conhecimento e aprendermos mais sobre a cidade. É um lugar bem bacana de se ver com a família e agora com os colegas", disse. 

Os alunos conhecem pontos históricos como o antigo Porto do Cimento, a Orla Taumanan, o Casarão da Família Brasil, dentre outros espaços que marcam a história da cidade. Foto: Jonathas Oliveira/Semuc/PMBV

Para a aluna Iasmin Sofhia, 11 anos, a aula vai ficar na lembrança, pois para ela foi uma experiência única de aprendizado. "Achei muito interessante e divertido o passeio. Eu não sabia muito sobre a minha própria cidade e aqui pude conhecer um pouco mais da história de Boa Vista", disse.

São, de fato, experiências transformadoras onde as crianças conhecem a história cultural do local onde vivem, as transformações ocorridas ao longo do tempo, vão desenvolver habilidades associadas ao currículo trabalhado em sala de aula. Uma forma também da prefeitura incentivar o senso de pertencimento, amor, a valorização e o zelo pelo patrimônio histórico, além de levá-los a reconhecer seu papel de cidadão na sociedade. 

O projeto é planejado e executado pela Fetec, que conta com parceiros que fomentam o setor turístico da capital. Foto: Jonathas Oliveira/Semuc/PMBV

No prédio da Intendência, os alunos participam de atividades teóricas, recreativas com materiais lúdicos complementando o roteiro. As atividades estão sendo planejadas e executadas pela Fundação de Educação, Turismo, esporte e Cultura (Fetec), Secretaria Municipal de Educação e Cultura, em parceria com empresas e profissionais de turismo locais, visando facilitar e tornar mais interessante à aprendizagem escolar.

"Neste projeto temos importantes parceiros. A prefeitura fez um credenciamento de agências de turismo local que oferece o receptivo. O centro histórico é o berço, onde nasceu a cidade de Boa Vista. Elas visitam esses prédios e monumentos, a importância de cada elemento para a construção da cidade. E assim levamos nossa história para um grande número de pessoas. Porque quem conhece, preserva e ama e através da educação vamos preservar nossa história", disse Alda Amorim, superintendente de Turismo da Fetec. 

Veja mais notícias sobre Especial Publicitário.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 27 Novembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/