Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 20 Junho 2021

UFPA divulga a primeira lista de repescagem do processo seletivo 2021

A Universidade Federal do Pará divulgou, nesta quinta-feira, 13 de maio, a primeira lista de repescagem de candidatos aprovados no Processo Seletivo 2021. Ao todo, foram chamados 1.216 candidatos para a ocupação de 635 vagas em cursos ofertados em Belém e 581 vagas em cursos sediados nos demais campi. Confira a lista.

Os candidatos que constam na nova lista de classificados devem fazer a leitura atenta e cuidadosa do edital de habilitação disponível no site do CIAC, para que realizem a primeira etapa do vínculo institucional. O sistema de Cadastro Online de Calouros estará aberto das 18h do dia 14 de maio até as 18h do dia 24 de maio para que os estudantes preencham seus dados pessoais, escolares e socioeconômicos, assim como anexem a documentação obrigatória conforme seu perfil de inscrição.

A habilitação ao vínculo institucional envolve várias fases e tem novidades este ano. As etapas variam, conforme o grupo de inscrição do candidato no PS 2021. O candidato não deve se confundir com o tipo de vaga que ocupou na classificação geral, pois, dependendo do grupo em que se inscreveu, podia concorrer a mais de um tipo de cota. Assim, por exemplo, um candidato inscrito com perfil para concorrer à Cota Escola/Renda/PPI deve participar das etapas e submeter as documentações obrigatórias a esse perfil, ainda que tenha ocupado uma vaga geral de Cota Escola ou de Ampla Concorrência.

Foto: Thiago Pelaes / UFPA

Candidatos(as) que desejem desistir da vaga devem informar a desistência ao CIAC, pelo e-mail , com o assunto: DESISTÊNCIAPS2021_NOME COMPLETO_CURSO.

Etapas da habilitação

Em decorrência da situação epidemiológica, algumas etapas serão exclusivamente online e, quando as condições sanitárias permitirem, ocorrerão as atividades presenciais. 

As etapas são:
1) preenchimento cadastral e envio da documentação pelos calouros via sistema;
2) validação da autodeclaração de pessoa negra (preta ou parda) por Banca de Heteroidentificação e validação da autodeclaração de pessoa indígena por Comissão de Verificação da Autodeclaração de Pertencimento Étnico (no caso de candidatos/as inscritos/as em vagas destinadas a Cotas PPI;
3) verificação da condição de pessoa com deficiência (PcD) por Comissão Multiprofissional de Verificação de PcD (no caso de candidatos inscritos em vagas destinadas a PcD);
4) entrega presencial da documentação original e cópia.

Na primeira etapa, todos os candidatos classificados deverão acessar o Sistema Online de Calouros, no endereço eletrônico coc.ufpa.br, utilizando números de Inscrição e RG informados na inscrição do processo seletivo. Ao acessar o sistema, é necessário preencher os dados cadastrais e enviar, de forma online, a documentação exigida, conforme seu grupo de concorrência. Para conferir a documentação obrigatória para cada grupo de concorrência de vagas pelo qual o candidato se inscreveu, consulte com atenção o item 4 do Edital n° 06/2021 - CIAC, de 14 de abril de 2021. Quando o candidato entrar no sistema, verá todos os documentos obrigatórios que devem ser anexados conforme seu perfil de inscrição.

Verificação de autodeclaração de pessoa negra 

A segunda etapa da habilitação dos calouros é a verificação da autodeclaração de candidatos PPI. Essa é uma das novidades da habilitação dos ingressantes pelo PS 2021. O procedimento de validação da autodeclaração será realizado por uma Banca de Heteroidentificação. Para isso, no caso de candidato autodeclarado pessoa negra (preta ou parda), o calouro deverá assinar autodeclaração racial justificada, tomando por referência exclusivamente o seu fenótipo, conforme modelo no Anexo I do edital. Esse documento deverá ser anexado ao sistema coc.ufpa.br desde a primeira etapa, no período informado anteriormente.

No mesmo período, de 14 a 24 de maio, os calouros autodeclarados pessoa negra devem enviar, para o e-mail , suas fotografias e vídeo de perfil, de acordo com as especificações contidas no item 5 do Edital de Habilitação. O edital ainda orienta como proceder no caso de candidatos que se autodeclararem negros e também PCD simultaneamente.

Importante lembrar que o fenótipo social, conforme previsto no edital, corresponde ao conjunto de características pelas quais as pessoas são vistas e consideradas negras (cor da pele e outras características físicas, principalmente faciais), as quais lhes deixam vulneráveis às discriminações e ao racismo.

O procedimento de heteroidentificação acontecerá por meio da avaliação dos arquivos enviados (fotos e vídeo) e considerará, tão somente, os aspectos fenotípicos dos candidatos autodeclarados negros (pretos e pardos), decidindo-se, em parecer único, se o o candidato é identificado como "pessoa negra" ou "pessoa não negra". Em caso de dúvida, a Banca pode solicitar avaliação presencial quando a situação epidemiológica permitir. Nesse caso, o candidato será deferido condicionalmente.

Se não deferido pela Banca de Heteroidentificação, o candidato terá direito a ser automaticamente avaliado por uma segunda banca, a Banca Recursal, que emitirá parecer final.

Verificação de autodeclaração de pessoa indígena

As pessoas autodeclaradas indígenas, classificadas no PS 2021, deverão preencher e assinar uma autodeclaração étnico-racial, conforme modelo no Anexo I, além de apresentar uma declaração de pertencimento (em conformidade com o estabelecido no edital) ou o Registro Administrativo de Nascimento de Indígena (RANI).

Essas documentações devem ser enviadas para o e-mail , no período de 14 a 24 de maio, para serem analisadas pela Comissão de Verificação da Autodeclaração de Pertencimento Étnico.

Verificação de autodeclaração PcD

A análise da condição de pessoa com deficiência será realizada pela Comissão Multiprofissional de Verificação de PcD na terceira etapa da habilitação. Somente passará pela verificação o candidato deferido nas etapas de análise documental e da Comissão de Heteroidentificação, quando o candidato também tiver concorrido a cotas PPI. A comissão emitirá parecer na habilitação como indeferido, deferido ou deferido condicionalmente para ocupação ou não da vaga na UFPA.

Etapa presencial 

A quarta e última etapa da habilitação será a apresentação presencial dos documentos obrigatórios. A entrega presencial dos originais e das cópias da documentação ocorrerá em data a ser informada posteriormente, quando as condições sanitárias forem viáveis. O cronograma será divulgado em edital específico.

Caso não seja possível realizar a etapa presencial antes do início do período letivo, os calouros deferidos condicionalmente poderão efetuar sua matrícula e, quando as condições permitirem, entregarão sua documentação para obtenção da habilitação em definitivo ou não.

Perda de vagas e repescagem 

Quem não seguir as regras do edital quanto às recomendações para a apresentação de documentação e para as convocações estará sujeito à perda da vaga. À medida que as etapas da habilitação finalizarem e houver liberação de vagas, serão publicados novos editais de convocação de candidatos, pela ordem de classificação no PS 2021 e pelo tipo de vagas disponíveis.

O calouro que já possui algum vínculo de aluno com a UFPA, antes de realizar sua habilitação, deve informar sua desistência da vaga já ocupada, por meio do sistema Sagitta

Veja mais notícias sobre NotíciasEducaçãoPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 21 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/