Manaus 30º • Nublado
Domingo, 05 Dezembro 2021

Iesp utiliza plataforma na internet para a retomada das aulas de forma híbrida

Dos 13 cursos ofertados 100% presencialmente pelo Instituto de Ensino de Segurança Pública do Pará (Iesp), vinculado à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado (Segup), um já foi reformulado para retornar como ensino híbrido respeitando as novas medidas do Decreto Estadual 800/2020.

Para evitar a disseminação da Covid-19, alguns cursos do Iesp já haviam aderido ao ensino remoto para que os graduandos não perdessem o ano letivo e cumprissem o calendário acadêmico. Agora, o Curso de Especialização em Docência do Ensino Superior com 40 alunos, passa a ter duas aulas presenciais e três remotas ao longo da semana, direto na plataforma criada pelo Iesp.

Foto: Divulgação

O estímulo da busca de novas fontes de estudo e a produtividade adquirida são alguns dos pontos positivos que o estudante Renato Rabelo, policial civil, destaca com o ensino híbrido. "Nós temos a possibilidade de ter o acesso livre, através da plataforma, do material debatido em aula, com isso a leitura é estimulada e assim podemos tirar ainda mais proveito das disciplinas, podendo assim revisar materiais, fazer pesquisas e se dedicar ainda mais", destacou o policial.

A plataforma, que tem código aberto sem custos, foi desenvolvida pela diretoria do Instituto, juntamente com o Núcleo de Informática e Tecnologia do Iesp, em parceria com a Segup. O moodle, onde as aulas são hospedadas é um sistema de software livre de ambiente virtual de aprendizagem que foi implementado a um servidor da Segup para que a plataforma se mantenha atualizada e segura.

Benefícios

Para o diretor do Iesp, coronel Antônio Bentes, a plataforma moodle trouxe benefícios para a formação inicial e continuada dos agentes de segurança do Estado, tanto daqueles que residem na Capital como nos municípios mais longínquos do Pará. "Esse tipo de ensino promove autonomia, disciplina, independência no processo ensino-aprendizagem para os alunos, pois apesar dos docentes ainda prepararem as aulas de acordo com o planejamento pedagógico realizado, cabe aos estudantes acessar esses conteúdos e seguir o fluxo do curso, conforme tempo e dedicação investidos, maximiza o aproveitamento das aulas e conteúdos pelos alunos", destacou o Coronel.

Hoje o Iesp conta com mais de 700 alunos matriculados e com 13 cursos que estão se adequando às novas metodologias. Na exigência do Conselho Estadual Educação do Pará - no item que trata da gestão da informação da Instituição e de práticas inovadoras -, o IESP alcançou a nota 5, pois apresentou o sistema de gestão no que diz respeito às atividades EAD e às questões de funcionamento da informatização do Sistema de Informação do Instituto. 

Veja mais notícias sobre EducaçãoPará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 05 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/