Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 09 Mai 2021

No último ano, produção de açaí cresceu 4,6% no Pará

No último ano, produção de açaí cresceu 4,6% no Pará
O açaí foi o produto da extração vegetal não madeireira que alcançou maior valor de produção no ano passado no Brasil: R$ 539,8 milhões. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (28). Maior produtor nacional, o Pará respondeu por 61,2% do total do ano passado, com crescimento de 4,6%.O líder do ranking de municípios, Limoeiro do Ajuru, no Pará, produziu 35 mil toneladas no ano passado. Segundo a pesquisa, A produção de açaí extrativo caiu 0,2% em comparação com a de 2015, e somou 215.609 toneladas. O valor de produção, porém, subiu 12,4%. 


Foto: Reprodução/Shutterstock

Retração


No Amazonas, segundo maior produtor nacional de açaí, a produção caiu 12,3%, por causa da seca, que tornou mais difícil o transporte do fruto em alguns rios. Já o Maranhão aparece com 8,1% de participação na produção brasileira.

O supervisor da pesquisa, Winicius de Lima Wagner, disse que a demanda e a alta de preços do açaí tornaram a atividade mais atrativa para os extrativistas, contribuindo para aumentar a geração de renda local. “Em geral, os produtos não madeireiros do extrativismo são explorados por extrativistas e pequenas associações e cooperativas e têm relevância para as comunidades, principalmente nas regiões Norte e Nordeste”, afirmou Wagner. 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 09 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/