Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quarta, 05 Agosto 2020

Em Manaus, confecção de máscaras de tecido é alternativa de renda para mulheres indígenas Sateré Mawé

amism-satere

Empenhadas em manter o sustento financeiro em tempos de pandemia, a Associação de Mulheres Indígenas Sateré Mawé (AMISM) está ampliando o trabalho já realizado com artesanato e produção de biojóias, para confecção de máscaras de tecidos, que ajudam na contenção da proliferação do novo coronavírus. Mais de sete famílias indígenas dependem dessa fonte de renda.


Máscaras produzidas pelas mulheres indígenas Sateré Mawe. (Foto:Reprodução/Redes Sociais)


Segundo a secretaria da associação, Sâmela Sateré Mawé, as máscaras atendem as orientações do Ministério da Saúde e trazem, como diferencial, a customização com grafismos da cultura indígena.

"Usamos tecido de algodão cru, dois forros e grafismos feitos manualmente com tinta de tecido. Não temos modelos de pinturas, apenas costuras, pois os desenhos são feitos conforme a inspiração da artista", conta Sâmela.

Tendo como diferencial a customização das máscaras com os traçados indígenas, Sâmela ressalta que são feitos de acordo com o pedido do cliente.

"Todos nossos grafismos trazem significados quem vem das lembranças dos artistas que as pintam. Recentemente, uma moça encomendou e queria que colocássemos o nosso desenho, e assim, nós fizemos e fazemos", disse.

Com os pontos de vendas fechados, em função das orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Governo do Amazonas, as mulheres indígenas tiveram que encontrar alternativas para o escoamento da produção. Há máscaras simples e as customizadas. O atendimento é feito por delivery para toda Manaus e, fora do Estado, entrega pelos Correios.

"Entregamos em Manaus, mas temos uma taxa de entrega conforme a quantidade e localização. Quanto a encomendas para outros Estados, vamos pesquisar o valor nos Correios, de acordo com o CEP do cliente e enviamos", disse.

Pedidos e doações


A AMISM é uma organização sem fins lucrativos que vive da confecção e venda de artesanato. As mulheres também pedem por colaborações além dos pedidos, seja com ajuda financeira ou com a doação de material para continuar com a confecção de máscaras, como tecido tricoline, tnt, linha, agulhas, bobinas pra máquina de costura, elástico, tesouras, etc.


A sede da Associação funciona na rua São Marçal, 822, no bairro Compensa II, zona Oeste de Manaus. Encomendas, doações e mais informações, podem ser feitas no whatsapp (92) 981592712.

(Arte: Reprodução/Redes Sociais)

Veja mais notícias sobre AmazonasEconomia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 05 Agosto 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection