Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 11 Julho 2020
chatbot-health-tech

Comitiva interministerial vai a Roraima ver situação de refugiados venezuelanos

Comitiva interministerial vai a Roraima ver situação de refugiados venezuelanos
Uma comitiva interministerial vai a Roraima, nesta quinta-feira (17), para checar as ações adotadas para atender os refugiados venezuelanos e minimizar os impactos para a população local. Além de ver de perto como os venezuelanos se encontram, os representantes do governo federal visitarão as instalações da Operação Acolhida, em Boa Vista.

Veja também: Refugiados venezuelanos serão acolhidos em novo abrigo, na zona leste de Manaus

Na sexta-feira (18), o grupo seguirá de avião até Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, onde conhecerão as atividades desenvolvidas pela Força-Tarefa Logística Humanitária.

De acordo com o Palácio do Planalto, devem integrar a comitiva os ministros da Cidadania; Controladoria-Geral da União (CGU); Defesa; Educação e da Mulher, Família e Direitos Humanos, além de representantes dos poderes Legislativo e autoridades militares.
 
Foto: Divulgação 
Os ministros devem se reunir com o governador Antonio Denarium e técnicos do governo estadual, que apresentarão dados sobre a atual situação do estado. A expectativa do governo roraimense é aproveitar a presença dos ministros para tratar também de outros temas de interesse.

Operação militar

Lançada pelo governo federal no início de março de 2018 para fazer frente à crise humanitária provocada pela onda migratória venezuelana, a Operação Acolhida é coordenada pela Força-Tarefa Logística Humanitária, uma iniciativa que reúne vários ministérios e órgãos federais, estadual e municipais.

Governo Bolsonaro: Conheça novas regras para posse de arma no país

Entre as ações de apoio aos venezuelanos que chegam ao Brasil fugindo da crise econômica e da instabilidade política no país vizinho estão o fornecimento de refeições, abrigo e cuidados médicos, a regularização da situação dos imigrantes que manifestem o desejo de permanecer no Brasil e a redistribuição das famílias para outras regiões.

De acordo com o Exército, mais um grupo de militares deve embarcar de outras regiões do país para atuar, voluntariamente, na Operação Acolhida, auxiliando na assistência aos imigrantes. Este será o 4º Contingente da Força-Tarefa Logística Humanitária.

Veja mais notícias sobre Atualidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 11 Julho 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/

No Internet Connection