Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Quinta, 04 Março 2021

Covid-19: "Não haverá lockdown", diz governador do Amazonas ao proibir eventos e serviços não essenciais a partir deste sábado

wilson-lima-2

Com o aumento no número de casos notificados da covid-19 em todo o Amazonas, o governador do Estado Wilson Lima, em coletiva realizada nesta quarta-feira (23), anunciou novas regras de restrição para conter o avanço do novo coronavírus em Manaus. O decreto passa a valer a partir do dia 26 de dezembro de 2020.


"Precisamos de 15 dias para que diminua a taxa de transmissão. A partir do dia 26 de dezembro até o dia 10 de janeiro. Comércios e estabelecimentos que não são essenciais funcionarão por drive thru e delivery até as 21h, inclusive shoppings. Eventos, casamentos e formaturas estão proibidos. Reuniões comemorativas estão suspensas. Feiras e Mercados vão abrir com horário pré-estabelecidos. Hotéis continuam abertos, mas os restaurantes, atenderão apenas hóspedes. Os espaços públicos do Amazonas estarão fechados. Serviços intermunicipais e a indústria serão mantidos em funcionamento", anunciou o governador.

Coletiva de imprensa para anunciar novas medidas restritivas contra o avanço da covid-19. (Foto:Reprodução/Redes Sociais)

"A partir de hoje, todas as festas clandestinas serão fechadas pelo sistema de segurança pública. Nosso poder de polícia irá interromper e recolher os equipamentos", disse o governador do Amazonas, Wilson Lima.

Wilson Lima ainda adiantou que o Ministério da Saúde enviará mais respiradores para o Estado.

"Nos próximos dias receberemos 40 respiradores e 100 monitores para que a gente possa ter ajuda na montagem dessas novas estruturas (UTIs). Faço um apelo para a população, pois não adianta reforçar a saúde e a população não cooperar. Precisamos desse apoio. É um trabalho que contamos com o empenho de todos", completou Wilson.


Casos Covid-19 no Amazonas


No boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), divulgado nesta terça-feira (22), o estado registrou 1.217 novos casos de Covid-19 e o total de infectados chegou a 193.544. Com isso, o número de mortes subiu para 5.111, com mais 14 óbitos confirmados após investigação e 3 ocorridos nas últimas 24 horas.

Ainda segundo o boletim, 23.149 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, o que corresponde a 11,96% dos casos confirmados ativos.

Do total de casos confirmados, 555 são de pacientes internados, destes, 337 estão em leitos clínicos e 209 em UTIs. Outros nove pacientes estão em sala vermelha, que é uma estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves. Há ainda 91 pacientes internados considerados suspeitos  aguardando a confirmação do diagnóstico.


Decreto:


Veja mais notícias sobre CidadesNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 04 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/