Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 05 Março 2021

Morre Severiano Porto, o Arquiteto da Amazônia; entre suas obras estão o Vivaldão, setor norte do campus da Ufam e a sede da Suframa

severiano-

"O arquiteto da Amazônia", idealizador de mais de 300 projetos, entre eles o do campus universitário da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), faleceu nesta quinta-feira (10). Severiano Porto nasceu na cidade mineira de Uberlândia, no dia 19 de fevereiro de 1930 e aos cinco mudou-se para o Rio de Janeiro. Lá formou-se, em 1954, na Faculdade Nacional de Arquitetura da Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Em Manaus, exerceu a função de professor de Arquitetura e Urbanismo na Faculdade de Tecnologia da Universidade do Amazonas, entre os anos de 1972 e 1998.

Severiano Mário Porto morreu aos 90 anos, vítima da Covid-19. (Foto:Divulgação/CAU-AM)

O reitor, professor Sylvio Puga, manifestou pesar. "Severiano Porto foi o homem que pensou o campus universitário. A ele devemos a contribuição para com nosso história por todas as primeiras grandes obras da nossa Ufam, tais como conhecemos. A ele, todo o nosso respeito e à família, nossas condolências".

Para o diretor da FT, professor João Caldas, o professor arquiteto se destacou como uma importante personalidade que contribuiu para o desenvolvimento do Estado do Amazonas e com suas obras levou a Faculdade de Tecnologia a nível nacional de reconhecimento.

"Além de profissional brilhante, como professor contribuiu para formação de inúmeros engenheiros. A Universidade Federal do Amazonas e a sociedade perdem um grande profissional que dedicou sua vida e obras ao estudo e ao desenvolvimento da arquitetura amazônica", destacou.

O professor Marcos Cereto, da FT, estudioso das obras e da trajetória de Porto, frisou a relevância do arquiteto no âmbito do conhecimento acadêmico. "Nós temos uma grande responsabilidade com o lidar com o legado dele que ajudam e ajudaram a construir a Amazônia desde a Zona Franca de Manaus. Para a Ufam, nosso reconhecimento vai além da idealização do campus, mas também na implantação do curso de Arquitetura e Urbanismo", frisou.


Projetos de Severiano Porto:

1965 - Estádio Vivaldo Lima, Manaus (demolido)

1967 - Restaurante Chapéu de Palha (demolido)

1969 - Sede da PORTOBRÁS

1971 - Sede da Superintendência da Zona Franca

1978 - Residência Robert Schuster, Tarumã, Manaus

1983 - Centro de Proteção Ambiental de Balbina, Presidente Figueiredo

1984 - Pousada dos Guanavenas, Ilha de Silves

1986 - Setor Norte do Campus da UFAM

1987 - Centro de Proteção Ambiental de Balbina (Ruínas)

1992 - Parque Urbanização de Ponta Negra, Manaus

1994 - Sede da Aldeia Infantil SOS (ONG vinculada à Unesco)


Severiano Mário Porto foi responsável por conceber um modelo único de arquitetura amazônica e sustentável, unindo técnicas desenvolvidas pelos caboclos da nossa região com as mais modernas e inovadoras criações da arquitetura, sempre privilegiando materiais da floresta.

Veja mais notícias sobre CidadesNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 05 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/