Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Terça, 26 Janeiro 2021

Projeto de incentivo à agricultura familiar e indígena é lançado em Roraima

1f419143-1582-48b7-bfa7-48df54a91fca

O Governo de Roraima lançou o projeto Agro em Campo familiar e indígena em duas comunidades do município do Bonfim, entre elas a comunidade indígena Jabuti. A ação está prevista no plano de trabalho elaborado com a participação da Fundação Nacional do Índio (Funai), por meio da Coordenação-Geral de Promoção ao Etnodesenvolvimento e da Coordenação Regional de Roraima, e sua anuência foi assinada, em novembro, pelo presidente da Funai, Marcelo Xavier.

O "Agro em Campo" tem como objetivo é apoiar a estruturação produtiva das famílias mais pobres e o desenvolvimento do projeto produtivo delas. (Foto: Mário Vilela/Funai)

O plano de trabalho, previsto no Acordo de Cooperação Técnica (ACT) nº 23/2020 firmado entre o Ministério da Cidadania, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa/RR), busca, entre outras medidas, aumentar a produção de alimentos de 500 famílias indígenas de Roraima.


"Uma das prioridades da atual gestão da Funai é garantir, por meio de medidas como essa, a autossuficiência dos povos indígenas, contribuindo para a melhoria da segurança alimentar e nutricional, e a superação da situação de pobreza dessas populações", ressaltou o presidente Marcelo Xavier.

A iniciativa faz parte do Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, cujo objetivo é apoiar a estruturação produtiva das famílias mais pobres e o desenvolvimento do projeto produtivo delas, a fim de que ampliem ou diversifiquem a produção de alimentos e as atividades geradoras de renda.

As comunidades contempladas foram definidas por critérios de vulnerabilidade produtiva e de segurança alimentar, com base nos dados do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

O Agro em Campo é coordenado pela SEAPA e executado em parceria com a Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima), Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima) e Desenvolve-RR, que leva diversos atendimentos ao homem do campo nos municípios e comunidades. 

Veja mais notícias sobre CidadesEconomiaNotíciasRoraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/