Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 16 Abril 2021

Grupo Rede Amazônica faz tradicional doação dos recursos da Fonte dos Desejos

Quem passa pela 'Ponte da Felicidade' no Studio Cinco da Rede Amazônica, em Manaus, tem a oportunidade de jogar uma moeda na Fonte dos Desejos. Esse gesto anônimo do cotidiano se transforma em doação todo fim de ano, em 8 de dezembro, no Dia de Nossa Senhora da Conceição.

Tudo que é recolhido é doado. Nesta terça-feira, participaram da cerimonia de doação o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, a responsável pela Casa Mamãe Margarida, Liliana Daou, o irmão do fundador do grupo Rede Amazônica, Aloísio Daou, e o CEO do grupo, Phellipe Daou Junior.

A entidade beneficiada, Casa Mamãe Margarida, cuida de meninas em risco social. "Momento de gratidão a Deus, a Nossa Senhora, nossa grande intercessora. Ela é aquela que vem em auxílio dos pequenos e daqueles que necessitam. Saudade também do Dr. Phellipe Daou, que iniciou esse momento de fé e de grande amor a Nossa Senhora", afirmou Liliana Daou. "Esse dinheiro nos ajuda a manter nossa instituição".

"Esse é o momento em que, apesar de a sociedade não estar presente no pequeno desejo depositado aos pés de Nossa Senhora, de dar sua contribuição, sua solidariedade, para que meninas possam ter futuro, possam sonhar e se tornar mulheres realizadas. Mulheres que contribuam para uma sociedade melhor", afirmou o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner, 

Em 2020, celebra-se 20 anos de tradição desta doação.

"É um momento de solidariedade. Diante da pandemia, foi um ano muito difícil para todos nós. Mas com toda certeza, Nossa Senhora nos abençoou muito e, como tudo o que acontece na vida, sempre tem alguma mensagem. Graças a Deus tivemos algum recolhimento, até porque aqui é um lugar comercial, então precisa de circulação de pessoas e isso foi diminuído bastante. Mesmo assim, as pessoas que puderam contribuíram e estamos aqui neste momento", afirmou Phelippe Daou Junior.

"Esperamos um 2021 melhor para todos nós. E que a causa que a Casa da Mamãe Margarida defende cada vez mais seja respeitada. Passamos por momentos muitos difíceis na nossa sociedade, que é a perda de valores. E Nossa Senhora nos ilumina na busca por valores. A mensagem que fica é muito mais do que dinheiro. Mas é levantar uma causa, respeito às pessoas, às crianças, às mulheres. Lamentavelmente, isso tem se perdido com muita rapidez em diversas áreas da sociedade. O que a gente deseja é que essa contribuição simbólica inspire a sociedade a ajudar a Casa Mamãe Margarida e tantas outras instituições que ajudam várias pessoas", concluiu.

Veja mais notícias sobre CidadaniaAmazonasNotícias.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 16 Abril 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/