Manaus 30º • Nublado
Sexta, 01 Março 2024

Atlético Acreano ou Moto Club? Amazônia garante time na Série C de 2017

Atlético Acreano ou Moto Club? Amazônia garante time na Série C de 2017

Amazônia terá um novo clube na Série C do Campeonato Brasileiro de Futebol em 2017. Isto porque Atlético Acreano e Moto Club, do Maranhão, se enfrentam nas quartas de final da Série D. O vencedor do confronto ganha a promoção para a Série C no próximo ano. Coube aos dois únicos representantes amazônicos duelarem diretamente pela vaga.


Atlético Acreano luta pelo primeiro acesso nacional em 64 anos de história. Foto: Divulgação/Atlético Acreano

Quem poderia imaginar que, após dez jogos, o melhor time da Série D seria o Atlético Acreano? Algo que não passou pela cabeça nem dos acreanos mais otimistas, mas que é realidade. Ainda invicto, o Galo Carijó eliminou o Princesa do Solimões, do Amazonas, outro time da região amazônica que brigava pelo acesso.

Com sete vitórias e três empates, o representante do Acre sustenta o sonho de chegar à Série C com uma folha salarial de apenas R$ 27 mil. "O nosso futebol não vive um bom momento, quem vive é o Atlético. Não temos apoio de ninguém. O Governo prometeu uma ajuda financeira após sermos campeões [do estadual], e estamos esperando para fazer o reajuste", disse o técnico do Atlético, Álvaro Miguéis, ao canal Amazon Sat.

Com média de 23 anos, a base do Atlético joga junta desde o infantil com o próprio Álvaro Miguéis. O treinador e seus pupilos afastaram-se do futebol em 2012, mas voltaram neste ano para ser a sensação da Série D. Entre os talentos está o meia Polaco, de apenas 22 anos, canhoto e eleito o craque do Campeonato Acreano 2016. O capitão do time, Diego, é primo do goleiro Weverton,medalhista olímpico com a seleção brasileira.

A classificação sobre o Princesa do Solimões ainda rendeu polêmica. Álvaro Miguéis disparou contra o treinador do Princesa, Zé Marco, que teria dito à imprensa acreana que "o futebol amador venceu o futebol profissional", segundo relata. "Os nossos jogadores não vivem do futebol porque eles trabalham e estudam, e foi pra isso que eu os criei. Só que eles têm um treinador de verdade, que antes de ir pra beira do campo foi pra uma faculdade. Hoje em dia qualquer pessoa se diz treinador sem ter cursado nada", retrucou Miguéis.

Confronto amazônico

Polêmicas à parte, o Atlético terá pela frente o Moto Club. O time do Maranhão eliminou o Juazeirense, da Bahia, nas oitavas de final. O Moto venceu o jogo de ida por 3 a 1. A derrota por 1 a 0 na volta tirou a invencibilidade dos maranhenses na Série D, mas não impediu a classificação.

E se o Atlético chega embalado para a fase decisiva, o Moto não deixa pra menos. O time maranhense perdeu apenas três partidas em 2016 - as outras duas para o Sampaio Corrêa - e também é o atual campeão do seu Estado.

O jogo de ida entre Moto Club e Atlético Acreano é neste sábado (27), no estádio Castelão, em São Luís. Com promessa de casa cheia, o Moto não terá nenhum desfalque para a partida. Independente do vencedor, a Amazônia já pode comemorar a presença de mais um clube em uma divisão superior no futebol brasileiro.

Veja mais notícias sobre Esportes.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 01 Março 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/