Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sábado, 08 Mai 2021

Aneel multa concessionária em R$ 3,6 milhões por apagão de 22 dias no Amapá

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) multou a concessionária Linhas de Macapá Transmissora de Energia em R$ 3,6 milhões pela interrupção de energia ocorrida no final de 2020, no Amapá.

Essa é a maior multa já aplicada pela agência. Por meio de nota, a concessionária já adiantou que vai recorrer da decisão, e que as causas do apagão que atingiu o estado no dia 3 de novembro de 2020 estão sendo apuradas.

Foto: Divulgação/LMTE

A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) informou à reportagem que a distribuição de energia segue normalizada, mas confirmou a existência de problemas cotidianos de falhas em pontos isolados e em alguns municípios do interior – situação anterior ao apagão de novembro.

De acordo com a companhia, ligações clandestinas e desvios de energia impactam diretamente no desempenho da CEA, que deverá ser privatizada até o fim deste ano.

Em novembro do ano passado um apagão atingiu 13 das 16 cidades amapaenses por mais de 80 horas.

Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico, um curto-circuito provocou um incêndio em um dos transformadores, o que pode ter resultado no apagão.

Veja mais notícias sobre NotíciasAmapá.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 08 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/