Manaus 30º • Nublado
Segunda, 29 Novembro 2021

Peça "E o céu beijou a boca de Saturno" será apresentada a partir deste domingo

Numa festa surpresa planejada pelo personagem Felipe para celebrar a chegada de Thiago, o público é o principal convidado. Em meio aos sentimentos do reencontro após uma longa viagem, a comemoração propõe reflexões sobre o amor, o passado, e as relações que se somaram às suas personalidades. Este é o enredo do espetáculo teatral "E O Céu Beijou A Boca de Saturno", a ser transmitido nos domingos de março e abril, a partir do dia 21 deste mês sempre às 20h, no canal da Cia. e Produtora Descartável no Youtube.


Foto: Divulgação

O espetáculo marca a estreia da produtora na capital amazonense. A Cia. surge da proposta de integrar temáticas LGBTQIA+ em suas produções, de modo a ampliar uma diversidade de discursos presentes na cena artística manauara e que, a partir desses projetos, proporcionam narrativas ainda mais presentes no cotidiano popular, nas relações afetivas modernas e nas ausências, agora preenchidas com arte.

A obra

Com direção de Daniel Braz e atuação de Felipe Jatobá, o espetáculo faz parte da pesquisa sobre dramaturgia autoficcional, desenvolvida pela produtora na cidade de Manaus. A peça foi contemplada pelo edital Prêmio Conexões Culturais 2020 – Lei Aldir Blanc, e estreou na noite de Natal do ano passado em formato virtual. Pensada para o formato de telenovela, a peça se inspira nos frames televisivos, onde a emoção dos personagens é sentida à flor da pele com traços expressionistas do ator na cena.

"A peça se passa no dia do aniversário de Felipe e traz elementos semelhantes, signos de fácil leitura e uma aproximação virtual em um estado de presença pulsante, vivo e cheio de cores. A trilha é assinada por Yago Reis que traz as canções do seu primeiro EP para a construção da narrativa musical da obra", declara o ator e autor da obra, Felipe Jatobá.

"Acreditamos que o fim é uma ótima oportunidade para recomeçar. 'E o Céu Beijou a Boca de Saturno' fala sobre o fim e o recomeço, sobre a vida e a morte do amor, tudo que nós diariamente vivenciamos", afirma Daniel Braz, diretor do espetáculo. A produtora estreia a peça acreditando na identificação do espectador com a trama, corroborando para uma maior participação virtual do público.

A produtora

Para fundar a Cia. e Produtora Descartável, Daniel Braz e Felipe Jatobá percorreram suas trajetórias artísticas na cidade de Manaus, produzindo e atuando em obras que retratavam o urbano, o imagético e o grotesco. Foi nas questões de afetividade que ambos se encontraram, compartilhando as experiências de pesquisa cênica autoficcional e a documental.

Artistas e ativistas a favor da diversidade, Felipe e Daniel propõem falar de forma mais direta sobre o tema em Manaus, a segunda capital mais violenta para a comunidade LGBTQIA+ do Brasil. "É preciso oportunizar discursos, ampliar vozes oprimidas e mostrar as forma de resistir e re-existir num País como o Brasil", relata Daniel.

Além da temporada virtual de "E o Céu Beijou a Boca de Saturno", a produtora estreará em maio a produção "Descartável – O Espetáculo", inspirado em uma curta cena homônima realizada por Daniel em 2018, e que dá nome à produtora. Felipe Jatobá assina a estreia de "Quarto Azul" em formato virtual, dividindo a cena com o ator Miller Reis e direção de atores de Viviane Palandi; além da produção do videoclipe da música VINTE, do cantor e compositor Yago Reis. 

Veja mais notícias sobre AgendaAmazonas.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 29 Novembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/