Manaus lidera ranking de cidades com maior número de desastres naturais em 2023

Capital amazonense também ocupa o terceiro lugar no ranking de municípios com maior número de alertas de desastres. Levantamento é do Cemaden.

Manaus lidera o ranking de cidades com o maior número de desastres naturais registrados em 2023. A capital do Amazonas também ocupa a terceira posição na lista de municípios com maior número de alertas para desastres.

Os dados são do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). De acordo com o levantamento, a cidade teve o registro de 23 desastres naturais durante o ano de 2023 e é a única da Região Norte entre as dez que tiveram os maiores registros.

Manaus (AM) – 23
São Paulo (SP) – 22
Petrópolis (RJ) – 18
Brusque (SC) – 14
Barra Mansa (RJ) – 14
Salvador (BA) – 11
Curitiba (PR) – 10
Itaquaquecetuba (SP) – 10
Ubatuba (SP) – 9
Xanxerê (SC) – 9

Deslizamento de terra deixa vítimas em Manaus. Foto: Reprodução/Semcom Manaus

No ano passado, o Brasil bateu recorde de ocorrências de desastres hidrológicos e geohidrológicos. De janeiro a dezembro, foram contabilizados 1.161 eventos de desastres. Dessa soma 716 (61,7%) desses eventos foram hidrológicos, como transbordamento de rios, por exemplo, e outros 445 (38,3%) foram de natureza geológica, como deslizamentos de terra. Em média, o país registrou pelo menos três desastres por dia.

Ainda segundo o Cemaden, pela primeira vez, o Brasil fechou o ano de 2023 com mais de 1 mil ocorrências de desastres naturais. Ao todo, o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais monitora 1.038 municípios de forma contínua.

Alertas de desastres

O Cemaden também monitora os alertas para desastres naturais. O órgão disse que, ao todo, 3.425 alertas foram emitidos no ano passado. Os dados representam uma média de nove alerta emitidos por dia.

Desse total, 1.813 foram alertas hidrológicos (52,9%) e outros 1.612 alertas geohidrológicos (47,1%). Confira a lista:

Petrópolis (RJ) – 61
São Paulo (SP) – 56
Manaus (AM) – 49
Belo Horizonte (MG) – 40
Rio de Janeiro (RJ) – 35
Juiz de Fora (MG) – 34
Angra dos Reis (RJ) – 30
Recife (PE) – 26
Teresópolis (RJ) – 25
Nova Friburgo (RJ) – 25

Desastres naturais em Manaus

Dos casos registrados de desastres, Manaus sofreu com alagamentos de vias e casas por conta das fortes chuvas, além dos deslizamentos de terra.

Em 14 de março de 2023, oito pessoas morreram após um deslizamento na Comunidade Pingo D’Água, na Zona Leste. Ao todo, 20 casas foram atingidas pelo desastre.

Já no dia 25 de março, uma forte chuva que atingiu a capital, deixou a Comunidade da Sharp completamente alagada. A água da chuva, além de alagar as ruas, também invadiu as casas e algumas residências foram destruídas.

No mesmo dia, também por conta da chuva, duas crianças ficaram submersas após a água de um igarapé invadir uma casa no Zumbi dos Palmares, na Zona Leste de Manaus.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Abelhas são fonte de renda extra para agricultores familiares no Mato Grosso

Projeto Semêa, realizado pela Fundação Bunge, incentiva o uso de abelhas para fomentar agricultura regenerativa e de baixo carbono.

Leia também

Publicidade