Focos de incêndio em parque de Tocantins são controlados após uma semana

Foto: Divulgação/Naturatins
Brigadistas controlaram, após uma semana, os focos de incêndio na área do Parque Estadual do Cantão, na região centro-oeste do Tocantins nesta sexta-feira (18). O combate a incêndios florestais começou na sexta-feira (11) e contou com uma equipe de 15 homens, além de aeronaves do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins), que administra o parque, e da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Segundo o instituto, conforme reportagem do G1 Tocantins, o objetivo da operação era controlar os constantes focos de incêndio que são reativados devido aos ventos e clima seco na região. O grupo de brigadistas percorreu cerca de 50 hectares do Parque.

O surgimento de focos de incêndio na região é recorrente, segundo a gerência do Cantão. As chamas, muitas vezes, são levadas pelo vento ou feitas por pescadores que passam pela região. “Assim que entramos em campo, iniciamos o controle dos focos, mas todos os dias nós ficamos alertas com essa questão, pois como fazemos fronteira com o Pará, tem muitos pescadores, tem muitos turistas ainda nos rios”, disse o gerente do Parque Estadual do Cantão, Adailton Glória.

“O fogo pela manhã e à noite é tranquilo, mas à tarde, a partir das 10h da manhã quando começa a ventania, esses focos se expandem e nesse momento, as aeronaves nos deram condições de fazer o mapeamento da extensa área do parque”, afirmou Glória. Nessa época do ano o clima na região é de calor intenso e a temperatura se aproxima de 40ºC. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

‘Aurora Luzitana’: livro revela história dos portugueses maçônicos no Amazonas

Em mais de 400 páginas, com um exclusivo acervo de imagens, Abrahim Baze revela grande parte da história dos maçons lusitanos no Amazonas.

Leia também

Publicidade