Amazon Sat agora é digital; saiba como acompanhar

Em primeiro lugar, é necessário realizar a troca da antena parabólica tradicional para a digital - que é menor e mais moderna.

Se você gosta de acompanhar o canal Amazon Sat pelo conteúdo temático sobre cultura, história e variedades sobre a região amazônica e possui uma televisão com antena parabólica tradicional – aquela antena enorme, semelhante a um guarda-chuva invertido e que usa sinal analógico – fique atento. Isso porque até o final de 2025, o sinal de TV recebido pelas parabólicas tradicionais será totalmente desligado.

Em primeiro lugar, é necessário realizar a troca da antena parabólica tradicional para a digital – que é menor e mais moderna.

Se você está inserido em uma família de baixa renda inscrita em algum programa social do Governo Federal, têm o direito de fazer a substituição sem pagar nada por isso. O kit está disponível em 3.898 municípios do país. Saiba mais sobre a troca gratuita AQUI

Amazon Sat na banda KU

Desde o final de abril de 2024, o canal Amazon Sat possui dois sinais na Banda KU: uma faixa de frequência que permite a transmissão de TV via satélite, com sinal aberto e gratuito, já transmitido pela nova parabólica digital.

O diretor de tecnologia do Grupo Rede Amazônica, do qual o Amazon Sat faz parte, Carlos Eduardo Lopes, explica sobre a atualização da distribuição de sinais.

“O primeiro sinal do Amazon Sat é com a programação linear do canal que estará disponível nos estados do Amazonas, Amapá, Roraima e Rondônia. Já o Amazon Sat no Acre, possui também uma programação educativa, destinada somente para esse Estado”, pontua.

Vale ressaltar que, segundo Lopes, a distribuição via satélite do Amazon Sat está disponível somente para atender as retransmissoras da empresa nos Estados em que atua. “O canal está no satélite da Intelsat IS-14 com criptografia”, detalha.

Os respectivos canais nas retransmissoras são: 

Amazonas – 44.1

Amapá – 29.1

Rondônia – 22.1

Roraima – 23.1

Acre – 31.1

“Sou de fora da região e quero ter acesso ao Amazon Sat. O que faço?”

De acordo com o diretor de tecnologia: “Por uma limitação de potência definida pelo Ministério das Comunicações, não podemos instalar um transmissor com uma potência maior do que já instalado. Sendo assim, aconselhamos a instalação de uma antena externa para a recepção do sinal da TV UHF”.

Isso significa que uma alternativa para conseguir assistir o canal é adquirir um amplificador digital, pois este dispositivo aumenta o sinal recebido pela antena, melhorando a qualidade e estabilidade da transmissão.

“Não há nenhum tipo de pagamento mensal para receber o sinal. Ao comprar o equipamento, que é vendido por diversos fabricantes, o sinal é gratuito”, destaca o diretor.

O sinal ainda não foi captado na sua TV? Não se preocupe!

O Amazon Sat disponibiliza um aplicativo de streaming, que pode ser baixado por dispositivos iOS e Android, além do site: amazonsat.com.

Dessa forma, você sempre terá conteúdos exclusivos e poderá acompanhar os principais programas do canal que é a cara e a voz da Amazônia e do amazônida.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

‘Mulheres que Benzem’: benzedeiras de Santarém são protagonistas em vídeo clipe 

A equipe de direção e assistência é toda composta por santarenas. No total, estão a frente do projeto cerca de 30 mulheres. O lançamento do clipe está programado para o final de agosto.

Leia também

Publicidade