Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

Câmara Municipal de Manaus presta homenagem à Rede Amazônica pelos seus 25 anos

WhatsApp-Image-2022-03-28-at-09.45.0_20220328-134725_1

No mês de setembro 1997, sob a presidência do vereador Messias Sampaio, a Câmara Municipal de Manaus realizou sessão solene para prestar homenagem à diretoria da Rádio TV do Amazonas, que havia completado no dia 1° de setembro seu Jubileu de Prata, isto é, vinte e cinco anos de plena atividade nas comunicações na Amazônia. 

Honrados com a homenagem, compareceram ao evento, para receber do Parlamento, os fundadores jornalista Phelippe Daou, jornalista Milton de Magalhães Cordeiro e o empresário Joaquim Margarido. Além dos diretores Aluísio Daou, Nivelle Daou Júnior e Phelippe Daou Júnior.

Plenário da Câmara Municipal de Manaus no ato da homenagem prestada pelos 25 anos da Rádio TV do Amazonas, com destaque para: Dr. Milton de Magalhães Cordeiro, Dr. Joaquim Margarido, Dr. Phelippe Daou, Dr. Aluísio Daou, Phelippe Daou Jr. e a Sra. Cláudia Daou Paixão e Silva e Ely Pereira e Silva. Foto: Acervo/Abrahim Baze.

 Naquela oportunidade foi exaltada a trajetória da empresa pelos vereadores Messias Sampaio, presidente da Câmara Municipal de Manaus e autor da proposição Plínio Valério, Edson Ramos, Nelson Azedo e Jefferson Preia, todos unânimes na afirmação de que o exemplo dos dirigentes da Rede Amazônica constituía motivo de orgulho para o Amazonas e para Amazônia.

O agraciamento em nome da Rádio TV do Amazonas foi proferido pelo jornalista Milton de Magalhães Cordeiro, cujo discurso foi um breve histórico da TV Amazonas e da Rádio Amazonas FM, a partir de 1° de setembro de 1972.Ressaltando que este fato expandiu-se numa verdadeira Rede de Comunicações, espraiando-se pelo Acre, Amapá, Rondônia e Roraima.

Jornalista Milton de Magalhães Cordeiro proferindo discurso de agradecimento em nome da Rádio TV do Amazonas. Foto: Acervo/Abrahim Baze

Na oportunidade, o jornalista Milton de Magalhães Cordeiro referiu-se também ao Amazon Sat como elo de integração da Amazônia com o Brasil. O diretor-geral de Jornalismo da Rede Amazônica destacou o comportamento ético e altamente profissional da empresa nos seus vinte e cinco anos de vida, ressaltando o interesse para diversas campanhas em favor da Zona Franca de Manaus, do desenvolvimento socioeconômico da cidade e do Estado. 

Concluiu seu pronunciamento falando das perspectivas de investimentos em tecnologia avançada e em digitalização, o que ocorreria em meados do ano 2000, e do trabalho educativo da Fundação Rede Amazônica, com destaque, principalmente, na Campanha de Preservação dos Mananciais de Água Doce e Educação à Distância, que eram efetivamente compromissos da empresa de manter-se sempre altaneira na valorização da Amazônia.

Plenário da Câmara Municipal de Manaus, mesa diretora com destaque para: Dr. Nivelle Daou Jr., jornalista Sinval Gonçalves, escritor e jornalista Alindo Porto, Dr. Phelippe Daou, Dr. Milton de Magalhães Cordeiro, Dr. Joaquim Margarido, empresário Carlos Souza e Dr. Jorge Loureiro. Vê-se no plenário Dr. Aluísio Daou, diretor-administrativo.

 Sobre o autor


Abrahim Baze é jornalista, graduado em História, especialista em ensino à distância pelo Centro Universitário UniSEB Interativo COC em Ribeirão Preto (SP). Cursou Atualização em Introdução à Museologia e Museugrafia pela Escola Brasileira de Administração Pública da Fundação Getúlio Vargas e recebeu o título de Notório Saber em História, conferido pelo Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas (CIESA). É âncora dos programas Literatura em Foco e Documentos da Amazônia, no canal Amazon Sat, e colunista na CBN Amazônia. É membro da Academia Amazonense de Letras e do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (IGHA), com 40 livros publicados, sendo três na Europa.

*O conteúdo é de responsabilidade do colunista


Veja mais notícias sobre Histórias da AmazôniaAbrahim Baze.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/