Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Domingo, 25 Outubro 2020

Após reajustes da Petrobrás, sobe preço do gás do cozinha no Tocantins

O preço do gás de cozinha subiu e tem impacto no bolso de comerciantes e moradores do Tocantins. Só para se ter uma ideia, a Petrobrás fez um reajuste atrás do outro nos últimos 40 dias. De 23 de maio para cá, foram três aumentos, cada um de 5%.

Quem prepara as refeições em casa, sentiu a diferença. "Antes da pandemia, eu já cozinhava muito, mas era mais no final de semana. Agora, eu só como em casa, a gente está cozinhando sempre em casa, todo dia, café, almoço e janta. O consumo de gás aumento muito e o valor de gás também", reclamou a autônoma Bruna Camila de Almeida.

Foto: Marcello Casal / Agência Brasil

Os donos de restaurantes sentiram os impactos. Isso porque, o aumento do gás ocorre num momento em que as vendas caíram, por causa da pandemia.

"Nos últimos meses teve uma baixa na venda devido a pandemia. Estamos com pouca venda, o gás teve um aumento de R$ 400 para R$ 700", disse a gerente de um restaurante em Palmas, Vera Lúcia.

O Sindicato dos Revendedores de Gás do estado confirmou que os reajustes feitos pela Petrobras pesaram no bolso dos tocantinenses. A maioria das distribuidoras repassou o reajuste para o consumidor final.

"Foi repassado na casa de 7 a 10% ao consumidor, em função do país, a situação que se encontra, para não ter um impacto maior na economia e também na venda dos nossos negócios", disse o vice-presidnete do Sindicato dos Revendedores de Gás no Tocantins, José Carlos LIma.

As previsões não são boas. Segundo José Carlos, pode ter um novo aumento nos próximos dias. "É muito provável que haja um aumento daqui a uns 15 dias".

Veja mais notícias sobre Tocantins.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 26 Outubro 2020

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/