Manaus 30º • Nublado
Segunda, 27 Junho 2022

Volta presencial do Boa Vista Junina é marcada por animação e muita chuva

Após dois anos acontecendo de forma virtual, o arraial Boa Vista Junina voltou a ser apresentado presencialmente na praça Fábio Marques Paract, localizada no Centro da capital roraimense. A 22ª edição do evento tem como o tema 'Viva esse Reencontro' e emocionou o público já no primeiro dia, neste sábado (11), que lotou a arena onde as quadrilhas irão se enfrentar nos próximos dias.

Na concentração, os participantes da quadrilha 'Guerreiros de Jorge' aguardavam a entrada no tablado. Os jovens abriram a festa e estavam na expectativa de agitar a galera, que aguardou durante dois anos o retorno das festividades juninas em Boa Vista.

Quadrilhas agitam primeira noite do Boa Vista Junina. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Para a competição, a quadrilha trouxe o tema 'Terço Caipira'. Os dançarinos entraram ao som da canção 'Romaria', de Renato Teixeira, e homenagearam as pessoas que perderam a luta contra a Covid-19. Em seguida, a quadrilha interpretou o tão esperado casamento. Os noivos, Thiago Souza e Aline Sabia, levantaram o público. A evolução da agremiação aconteceu dentro do tempo previsto e sem nenhum problema.

Quadrilha Guerreiros de São Jorge foi a primeira apresentação da noite. Foto: Diego Oliveia/Portal Amazônia

Parte dos dançarinos da 'Guerreiros de São Jorge' é da Terra Indígena Moskow (distante a 85 quilômetros de Boa Vista). Ao Portal Amazônia, eles comentaram a importância de se apresentarem em um evento tão simbólico para a cultura de Roraima.

"É uma honra. É a nossa primeira vez nos apresentando no Boa Vista Junina. Tivemos pouco tempo para ensaiar, mas vamos dar o melhor para alegrar ao público que veio prestigiar as quadrilhas", disse a dançarina Rosangela Caetano.

Participantes da Terra Indígena Moskow. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Segunda apresentação

Já a quadrilha 'Arrasta pé' levou para o tablado o tema 'Reviver sonhos, melodias, brincadeiras e fantasias na noite de São João'. A apresentação marcou pela descontração e energia de todos os dançarinos.

Os noivos da quadrilha, Humberto Basílio e Mariana Cassaino, entregaram para o público frutas em forma de agradecimento. Infelizmente, quase no fim da performance uma forte chuva caiu na cidade de Boa Vista e, mesmo assim, os membros não desistiram e seguiram até o fim.

Quadrilha 'Arrasta Pé' ofertou frutas para o público. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Maior edição

A estrutura do Boa Vista Junina inicia pelo Portal do Milênio, passa pelas praças das Águas, Velia Continho, até a praça Fábio Marques Paracat. De acordo com o prefeito da capital, Arthur Henrique (MDB), o momento da pandemia foi muito delicado para todos, por esse motivo, a 22ª edição do evento recebeu um tratamento especial.

"Essa é a primeira grande festa, após os primeiros anos de pandemia. Nós voltamos com a maior edição do Boa Vista Junina que a cidade já viu. Porém, apesar da falta de eventos presenciais, a prefeitura continuou repassando verba para as quadrilhas, garantindo a renda de muita gente", contou.

Arthur Henrique homenageia João da Cruz. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Quadrilhas

E não pense que o aumento ficou apenas com o espaço de realização do evento. Este ano, a organização decidiu acrescentar mais quatro vagas para novas quadrilhas.

"Queremos atender todos os grupos do Estado, principalmente, em um momento de retorno às raízes. Voltamos ao tablado e podemos sentir de perto a vibração do público", 

disse o presidente da Federação Roraimense de Quadrilha Junina, João da Cruz.

Cancelamento 

Devido a forte chuva, as apresentações das quadrilhas 'Tradição Macuxi' (Acesso), 'Garranxê' (Especial) e Sinha Benta (Especial) foram canceladas. Depois de alguns minutos, os representantes de cada quadrilha se reuniram com a direção do festival e chegaram em um consenso de que era melhor nenhuma agremiação se apresentar na chuva.

Até o final do evento, não ficou decidido em qual data as três quadrilhas vão se apresentar para os jurados e o público em geral.

Forte chuva paralisa apresentação das quadrilhas do Boa Vista Junina. Foto: Diego Oliveira/Portal Amazônia

Veja mais notícias sobre Roraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 27 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/