Manaus 30º • Nublado
Quinta, 01 Dezembro 2022

"Grande vitória": Eliakin Rufino apresenta poesia roraimense no palco especial sobre Amazônia no Rock In Rio

Roraima será representada na "cidade do rock", no Rock In Rio 2022. O poeta e músico Eliakin Rufino, um dos grandes nomes da arte no Estado e um dos fundadores do movimento "Roraimeira", participará do evento com vídeos recitando poemas de sua autoria em um palco especial para Amazônia, o "Nave". A exibição ocorrerá no dia 8 de setembro.

O artista dividirá espaço com outros poetas da Amazônia. No palco, se apresentam artistas do Norte como Fafá de Belém; a ex-Gang do Eletro, Keila; Aíla, a rapper Nic Dias; DJs da aparelhagem Crocodilo e também exibição de filmes e artes plásticas. Eliakin afirma que participar do evento é "uma grande vitória".

"Pela primeira vez, essa edição do Rock In Rio vai ter um espaço especialmente para a Amazônia e essa é uma grande vitória nossa, uma vitória para quem vive aqui. O palco terá muitos artistas dessa parte do Brasil", declara o artista.

Eliakin Rufino é escolhido para representar Roraima em palco do Rock In Rio. Foto: Eliakin Rufino/Acervo pessoal

Eliakin gravou quatro poemas com produtores de audiovisual roraimenses. Ele dá o spoiler de quais poemas serão recitados: "Brasil profundo", "Vela na cuia", "Tudo vem da água" e "Todo mundo nasce artista".

"Eu gravei os poemas em vídeo com alta qualidade com profissionais daqui, que eu indiquei e contratado pela produção do Rock In Rio, então é uma geração de recursos para o profissionais roraimenses. Eu vou aparecer em um telão nesse espaço amazônico, intercalado com os shows musicais", explica o artista. "Além da música e da poesia, o palco vai ter cinema, artes visuais... tem tudo. É a Amazônia toda no Rock In Rio!", completa.

Nas redes sociais, o artista anunciou a participação no festival e comemorou destacando a tatuagem no punho, onde diz "amor". "A Amazônia contemporânea vai transbordar na Cidade do Rock! Tenho orgulho de anunciar que faço parte do line up que vai compor a NAVE", escreveu.

Ele explica que houve um trabalho de curadoria em todos os Estados da Amazônia e, por isso, seu nome foi escolhido para representar Roraima: "Houve uma curadoria. É a Roberta Carvalho que é a produtora, a Aíla também é da curadoria, elas sabiam quem selecionar, quem convidar para ser representativo... Embora elas saibam que eu faço música, a Aíla já gravou música minha, elas queriam a minha participação como poeta e é por isso que eu estou só como poeta".

Para Eliakin, a sensação de estar representando o Estado que tanto homenageou sua arte em um evento como Rock In Rio é algo "incrível". "Representar Roraima nesse evento, para mim, é uma alegria imensa! A gente sempre ouve falar do Rock In Rio, uma coisa que parece tão distante... Agora pela primeira vez a Amazônia presente e eu sendo um desses artistas. Para mim é alegria, prazer e honra", comemora.

Nave Amazônica

Do brega, eletrônica, música indígena, ao rap urbano. Uma estrutura em forma de "barco aparelhagem" vai proporcionar uma experiência imersiva envolvendo arte, música, vídeo, performance, e até cheiros, da cultura nortista durante o festival.

Os artistas vão estrelar shows inéditos em uma mega estrutura montada para o festival: a Nave, uma criação em parceria do festival e a Natura. No barco, que simboliza os rios da Amazônia como elemento da região, o público também vai conferir remixes unindo músicas internacionais que deram origem a adaptações em versões em português no brega e tecnobrega paraense.

Serão cinco shows inéditos de 12 artistas da Amazônia, muitos deles do Pará. Um dos destaques é a cultura das festas dançantes de aparelhagem, que já estrelou até em clipe de Anitta, em "No Chão Novinha". O lineup completo da Nave ainda deve ser anunciado na próxima semana.

*Por Caíque Rodrigues, do g1 Roraima 


Veja mais notícias sobre AmazôniaRoraima.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 01 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/