Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Sexta, 07 Mai 2021

Semas mantém alerta à população sobre raios, ventos e chuvas fortes em abril

Chuvas muito intensas, com grande volume d´água em um espaço curto de tempo, acompanhadas de rajadas de vento, ocorridas na última semana assustaram moradores de Belém e outros municípios da Região Metropolitana (RMB). A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) mantém o monitoramento dos fenômenos climáticos e alerta à população sobre raios, ventos e chuvas fortes ao longo de todo o mês de abril.

O coordenador do Núcleo de Monitoramento Hidrometeorológico da Semas, Saulo Carvalho, explica que o alerta decorre de um fenômeno chamado linha de instabilidade, que se forma ao longo do litoral paraense e vai se propagando continente adentro, com alcance na RMB, Baixo Tocantins e Baixo Amazonas.

Foto: Reprodução/Agência Pará

As chuvas e ventos fortes que ocorreram na RBM na última quinta (8) e sexta-feira (09) provocaram prejuízos. Vídeos que circulam em aplicativos de mensagens mostram que as rajadas de vento levaram telhas de casas, coberturas de galpões, derrubaram árvores e outdoors e até o placar eletrônico que registraria o jogo do Paysandu e Tuna Luso Brasileira, válido pelo Campeonato Paraense, no estádio da Curuzu (do Paysandu), sofreu os efeitos da intempérie. O jogo precisou ser cancelado.

De acordo com o coordenador, no mês de abril a temperatura máxima registrada chegou a 35 graus, quando a máxima para o período seria de 33 graus. Esse calor favoreceu a formação da linha de instabilidade, de nuvens de grande desenvolvimento vertical, com trovoadas.

Saulo Carvalho traça um panorama climático para os próximos dias. "As chuvas de quinta e sexta tiveram a intensidade daquilo que se pode caracterizar como tempestade: curta duração, grande intensidade e vendavais, trovões e raios. A expectativa é de manhãs de sol e calor intensos até o começo da tarde, o que favorece a formação de nuvens e a precipitação pluviométrica no decorrer dos dias", informa o coordenador da Semas.

O mês de abril é caracterizado, segundo ele, pela transição do período mais chuvoso para o menos chuvoso. A previsão para o restante de abril é de que toda a parte norte do Pará registre chuvas um pouco acima da média para o mês. Por outro lado, na região Sul, e principalmente na região Sudeste, o cenário vai ser um pouco diferente, com predomínio de calor e poucos episódios de chuva ao longo do mês.

Previsão e precaução - Desde o primeiro dia de abril, a Semas alerta sobre a ocorrência de fortes chuvas, acompanhadas de rajadas de vento, raios e trovoadas (https://agenciapara.com.br/noticia/26259/). Mais chuvas já eram esperadas para este mês, principalmente nas regiões Nordeste, Baixo Tocantins e Oeste, com previsões de índices acumulados acima da média.

Diante da incidência de raios, a Semas alerta para algumas precauções: não ficar em áreas desprotegidas; não subir em locais altos; não ficar dentro ou muito próximo de locais com água; não ficar embaixo de árvores; não ficar próximo a objetos metálicos e, mesmo em casa, é preciso se proteger e não usar equipamentos elétricos e nem celular conectado ao carregador. Também não se deve tomar banho em chuveiro elétrico, ficar próximo a janelas, portas, torneiras e canos de metal. 

Veja mais notícias sobre ParáCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 07 Mai 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/