Manaus 30º • Nublado
Domingo, 26 Setembro 2021

Mutirão permite emissão da carteira de identidade para alunos da Rede Estadual, no Pará

up_ag_23729_42b81c4b-49ab-8336-47e7-9978bd4bbbeb

Uma ação com o objetivo de emitir carteira de identidade (RG) para os estudantes da rede estadual de ensino que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no inicio de 2021 acontece até o dia 2 de dezembro  em Belém, conforme agendamento via whatsapp (3222-2739). O atendimento vai ocorrer de 8h às 14h, no Balcão de Direitos, localizado no prédio-sede da Defensoria Pública do Estado, em Belém, na Rua Padre Prudêncio, 154 - Campina. Apenas no primeiro dia de ação, mais de 200 carteiras foram emitidas e a estimativa é que durante os dois dias este número chegue a 500.

O RG é um dos documentos essenciais para qualquer cidadão e para quem vai fazer o Enem 2020, que este ano, por conta da pandemia da Covid-19, ocorrerá nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 e o Enem Digital será nos dias 31 de janeiro e 07 de fevereiro, também do próximo ano. É importante frisar que apenas será permitido fazer o Exame o estudante que apresentar algum documento oficial com foto (carteira de trabalho, de identidade ou de motorista).

Na rede estadual ensino estão matriculados 105 mil estudantes na 3ª série do Ensino Médio que concorrerão a vagas em universidades públicas, bolsas de estudos e participação em programas de financiamento estudantil.

 A secretária de Estado de Educação, Elieth Braga, enfatizou a importância dessa parceria entre a Seduc e a DPE, que visa assegurar o direito dos estudantes da rede pública estadual na participação do Enem. "Este é um momento de proatividade da Defensoria e nós queremos agradecer por todo esse trabalho e preocupação com os nossos alunos que, às vésperas do Enem, ainda estão sem suas carteiras de identidade. Portanto, essa parceria dá um olhar diferenciado para a educação, para que esse aluno possa ter sua documentação em dia e nós possamos acompanhar aqui muitos jovens, que vieram de bairros distantes, justamente para emitir esse documento. A gente agradece todo esse empenho", declarou a titular da Seduc.

De acordo com o defensor-público geral, João Paulo Lédo, essa ação promovida neste primeiro momento na Região Metropolitana de Belém, também está sendo planejada para que ocorra em 2021 de forma itinerante em outras regiões do Estado, justamente para atender a demanda dos alunos de outras localidades, dessa forma, fazendo com que todos tenham acesso a esses direitos e benefícios.

Para o professor Carlos Martins, pai de dois alunos da Escola Estadual Manoel Saturnino, situada em Ananindeua, esta iniciativa foi excelente e afirmou que teve conhecimento da ação por meio do Whatsapp. "Essa ação é de suma importância, até porque que vai ser cobrado do aluno um documento de identificação para fazer a sua prova, e essa parceria entre Defensoria e Seduc foi muito importante e que deve ser divulgada para toda comunidade por ser um serviço essencial", disse o professor.

Já para Milson Nascimento, aluno da Escola Estadual Lauro Sodré, no bairro do Marco, em Belém, esta "é uma ação de extrema importância, pois vários alunos vão ter a oportunidade de emitir uma carteira de identidade ou assim como eu, ter uma nova documentação, pois a minha danificou e hoje estou podendo adquirir um novo RG, para levar no dia da prova", declarou o estudante. 

Veja mais notícias sobre Pará.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/