Manaus 30º • Nublado
Segunda, 24 Janeiro 2022

Você sabia que existiu um rabino na Amazônia que hoje é considerado santo por católicos?

Captura-de-Tela-2021-11-01-as-13.46.1_20211101-175128_1

A mistura de doutrinas religiosas distintas é característica do sincretismo religioso. No Brasil, essa "mistura" é bastante forte devido ao processo de formação do povo brasileiro.

No Amazonas, ocorre um fenômeno bem atípico que une duas crenças: Muitos católicos atribuem a realização de milagres e cura à um judeu.

Mas como isso é possível? O Portal Amazônia trás a história do "rabino santo" que mobiliza católicos na Amazônia.

Foto: Reprodução/Lucas Reis

"O santo judeu" na verdade é o rabino marroquino Shalom Emanuel Muyal, que veio para a Amazônia em 1908 com o intuito de ajudar no desenvolvimento da comunidade judaica em Manaus e Belém. O rabino faleceu dois anos depois da sua chegada no país por motivo não especificado porém, acredita-se que possivelmente foi em decorrência de febre amarela ou gripe espanhola.

Não há consenso sobre o motivo que o rabino tenha sido conhecido por seus milagres, contudo, a versão mais disseminada foi por conta de uma a uma mulher que cuidava de Muyal enquanto estava doente e quando o mesmo faleceu, ela dizia que poderia tratar outras enfermidades porque o rabino havia lhe dado o poder da cura.

Logo outras pessoas passaram a atribuir curas de doenças e objetivos alcançados ao rabino.

Muyal foi enterrado no Cemitério São João Batista e como na época em que foi enterrado não havia a ala judaica no cemitério, muitos católicos peregrinam até o seu túmulo e pedem ou agradecem pelas coisas.

No local, há dezenas de pedras colocadas sobre o túmulo. No judaísmo, o uso de pedras tem uma grande importância. Diferente de flores, que são belas porém efêmeras, as pedras simbolizam memórias, que são duradouras e fazem jus à plenitude do pós vida. 

Foto: Reprodução/Lucas Reis

Além disso, há diversas placas de agradecimento ao "santo". 

Foto: Reprodução/Lucas Reis

Curiosidade

Na década de 80, um parente de Muyal tentou levar consigo os restos mortais do rabino para que fossem enterrados em Israel porém, foi impedido pela fé dos católicos. 

Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 24 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/