Manaus 30º • Nublado
Sábado, 25 Junho 2022

Peteleco e Galerito: os bonecos que marcaram o Amazonas

Captura-de-Tela-2022-05-17-as-14.26.15

O Amazonas possui diversos atrativos turísticos e histórias curiosas que atraem os olhares de todo o mundo. Mas, entre as coisas mais inusitadas pelas quais o Estado é conhecido, estão os bonecos que fizeram tanto sucesso, que não tem que não os conheça: Peteleco e Galerito.

Mas, se por acaso você não os conhece, o Portal Amazônia relembra:

Peteleco

A criação do ventríloquo Oscarino Farias Varjão é considerada Patrimônio Cultural Imaterial do Amazonas desde 2016, pois, juntos, Oscarino e Peteleco somavam 60 anos de carreira.

Suas histórias iniciaram na década de 1950, quando Oscarino tinha 20 anos e fazia shows nas ruas da capital como forma de superar dificuldades financeiras. O personagem foi criado no dia 15 de maio de 1957. 

Oscarino e Peteleco. Foto: Indiara Bessa/Acervo/g1 Amazonas

Além do reconhecimento como patrimônio cultural, as apresentações renderam a Oscarino uma participação no Programa do Jô, em novembro de 2000, e documentários sobre sua obra.

O criador do popular boneco morreu aos 81 anos em abril de 2018 em Manaus, por conta de uma parada cardíaca.

Galerito 

Galerito é um fantoche que ganhou popularidade no Amazonas por conta de uma briga no programa Canal Livre, na antiga TV Rio Negro. Ele já era conhecido por seus comentários ácidos e por levar humor ao programa, mas foi a briga com Gilson Luiz do Santos do Carmo, o Gil da Esfirra, enquanto Nunes Filho cantava no programa, que levou sua popularidade à outro patamar.

Gil era vendedor de salgados e fazia algumas participações no programa, mas sempre que Galerito (interpretado por Iserlohn Castro) aparecia o chamando de Rogério (uma alusão à musica de Renato Fechine), ele perdia o controle, chateado com a "brincadeira". Em uma das participações, irritado com a persistência do fantoche, Gil partiu para a briga e a cena acabou se tornando conhecida, inclusive, nacionalmente.
Foto: Reprodução/Youtube-Tozza
E o boneco ganhou nova popularidade em 2019, por conta da série documental 'Bandidos na TV', produzida pela Netflix. A série foi baseada na história do apresentador de televisão e ex-deputado estadual pelo Amazonas Wallace Souza, e sim, a cena da briga entre Galerito e Gil aparece na produção.

Já em dezembro de 2019, Willace Souza criou uma nova versão do programa, com a participação do controverso fantoche, reavivando a lembrança de muitos do icônico momento televisivo. E para completar, em 2020 a banda norte-americana de pós-punk Protomartyr lançou o clipe da música 'Processed By The Boys' com clara referência ao clássico encontro. 

E aí? Conhece mais  bonecos populares pela Amazônia?


Veja mais notícias sobre CulturaAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/