Manaus 30º • Nublado
Quinta, 01 Dezembro 2022

Marco do abastecimento de água em Manaus, saiba a história do Reservatório da Castelhana

Quem trafega pelas Avenidas Boulevard Álvaro Maia e Constantino Nery em Manaus já deve ter se questionado sobre a construção no mínimo curiosa: um prédio verde, que está no alto de uma colina. 

Alguns dizem que se assemelha a um castelo e muitas teorias pairam sobre a construção. Será que houve uma monarquia no Amazonas?

Foto: Reprodução/Google Maps

Muita calma com as teorias. Na verdade, o prédio 'misterioso' é o Reservatório da Castelhana, que teve a sua construção promulgada por lei em 1880. Na época, a obra custou 20 contos de réis. O estilo do reservatório foi inspirado na Casa de Bombas projetada por Lauro Bittencourt, em 1884.

Construção em 1970. Foto: Corrêa Lima. Acervo: Eduardo Braga.

A Castelhana é um prédio de pequeno formato com alguns elementos de sua fachada lhe dando a característica de uma fortaleza gótica. A obra foi construída sobre um terreno pouco mais elevado que o nível da rua e foi escavada uma passagem para o primeiro pavimento, colocando-o no mesmo nível.

"O pavimento térreo é vazado por uma porta em arco pleno e duas pequenas janelas quadradas. No segundo pavimento, abrem-se três magras janelas em arco pleno como molduras ogivais e, abaixo da cornija, existe um relevo ornamental em forma de grega, produzindo uma sequência de pequenos arcos ogivais que circundam todo o prédio. A platibanda é recortada em forma de ameias, tendo ao centro uma elevação ladeada por pequenas agulhas nas extremidades, sobre os cunhais do prédio, erguem-se duas agulhas maiores" (Otoni Mesquita, 2006).

Utilidade

De acordo com informações do 'Manaus Ontem e Hoje', o reservatório tinha a função de receber as águas do Igarapé da Cachoeira Grande, localizado a 2km de distância, e distribuí-las à cidade. Sua capacidade de armazenamento era de 1.500.00 litros de água, vindo posteriormente a se tornar insuficiente devido ao crescimento populacional, sendo necessária a construção de um novo reservatório, o Reservatório do Mocó.

O Castelhana possui dois reservatórios, sendo um aterrado e outro elevado, o reservatório a ser revitalizado será o aterrado que foi construído em alvenaria de pedra na mesma época da represa da Cachoeira Grande, possui quatro metros de altura e encontra-se situado a 66,34 cm do nível máximo da enchente.


Referência

Artigo: 

'Revitalização de Prédios Históricos: Reservatório da Castelhana, Castelinho, na Cidade de Manaus'


Veja mais notícias sobre Amazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 01 Dezembro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/