Sidebar Menu

Manaus 30º • Nublado
Segunda, 01 Março 2021

Após casos de esporotricose animal, CCZ de Manaus alerta para cuidados com animais de estimação

Após quatro casos confirmados e 22 considerados suspeitos de esporotricose animal, o Centro de Controle de Zoonoses de Manaus (CCZ) alerta a população para os cuidados com os animais de estimação. Segundo a diretora do órgão, a médica veterinária Patrícia de Paula Roberto, a doença tem cura e os bichos não são os vilões, mas as vítimas, e merecem cuidados redobrados.

A atenção maior do CCZ é, no momento, com os animais de bairros adjacentes ao Bairro da Glória - onde foram confirmados os primeiros quatro casos da doença na capital.

"Se o animal está saudável, é importante castrar. Porque no período do cio, esses bichinhos, especialmente os gatos, saem e podem brigar na rua e acabar sendo contaminados. Agora se o bichinho já está doente, é necessário - se a pessoa tiver condições financeiras - levar imediatamente a um veterinário para que comece de imediato o tratamento. Ligue para o CCZ, que a gente vai dar todo o suporte necessário", explicou.

Foto: Divulgação

Patrícia também falou sobre o abandono de animais. Segundo ela, a prática criminosa pode levar a uma piora do quadro de infecções na cidade e deve ser coibida por todos.

"É um crime e não ajuda em nada você abandonar o animal. A doença tem cura, tem tratamento. Não precisa abandonar. Recebemos denúncias anônimas de que somente no bairro da Glória cerca de 15 gatos podem ter sido envenenados em decorrência desse medo da população. Isso não ajuda. Só piora e ainda é um crime gravíssimo. Não maltrate, não envenene os bichinhos. E quem ver qualquer situação dessas, de abandono, de maus-tratos, por favor, grave, tire foto, denuncie. Eles não tem culpa", explicou.

Para aqueles que desejam castrar os bichos de estimação, a veterinária também afirmou que o site do CCZ disponibiliza, de 15 em 15 dias, uma quantidade de vagas para o procedimento. A medida ajuda a evitar a exposição do gato à doença.

"O animal não é o vilão. É a vítima. Vamos se conscientizar que a doença tem tratamento, tem cura e quanto mais rápido a gente souber como proceder, tiver mais informações sobre, a gente espera que a população nos ajude cada vez mais nessa luta", finalizou.

Vacinação contra a raiva

O CCZ também está promovendo a Campanha de Vacinação Antirrábica de 2020 até o próximo sábado (17). Nesta semana, as equipes do CCZ também estão visitando comunidades nos bairros Colônia Terra Nova e Manoa, na zona Norte; Alvorada 1 e 2, na zona Oeste; São José, Tancredo Neves e Mutirão, na zona Leste para realizar a vacinação antirrábica.

A população ainda pode ter acesso ao serviço em postos fixos localizados na sede do CCZ, na avenida Brasil, s/nº, no bairro Compensa; nas duas Unidades Móveis do CCZ, que estão instaladas no Centro Social Urbano (CSU), do bairro Parque 10 de Novembro; minivila olímpica do Coroado, na avenida Cosme Ferreira, bairro Coroado; e no shopping Phelippe Daou, na avenida Camapuã, no bairro Jorge Teixeira.

Os postos fixos funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30, e aos sábados, das 8h às 16h. A população pode acionar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) pelo número 0800-280-8280.


*Escrito por Matheus Castro 

Veja mais notícias sobre AmazonasCidades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 01 Março 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/