Manaus 30º • Nublado
Quarta, 01 Fevereiro 2023

Amazonas fecha acordo para desenvolver iniciativas de investimento em florestas tropicais de alta integridade

amazonia-foto-dezalb-pixabay

O Estado do Amazonas firmou uma parceria com a WCS Brasil para desenvolver as primeiras iniciativas piloto de investimento em florestas tropicais de alta integridade. O mecanismo irá financiar a gestão dessas florestas com base nos serviços ecossistêmicos que elas prestam, incluindo a absorção de CO², que ajuda a resfriar o planeta. O acordo foi assinado na Conferência Climática da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP27).

O acordo de cooperação foi assinado pelo secretário de Estado do Meio Ambiente do Amazonas, Eduardo Taveira, e pelo diretor executivo de Florestas e Mudanças Climáticas da WCS, Daniel Zarin, em nome da WCS Brasil. O termo inclui o desenvolvimento em parceria de uma série de ações no primeiro semestre de 2023, incluindo a elaboração de um plano de trabalho conjunto, consultas e articulações com comunidades locais, dentro e ao redor das áreas piloto, e a construção de acordos com potenciais compradores, que darão o impulso inicial à iniciativa.

Trabalhando com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Amazonas (Sema) e parceiros, a WCS tem como objetivo criar uma nova classe de ativos de investimento em florestas de alta integridade, testar a abordagem em um número limitado de áreas, incluindo o Amazonas, e assim construir um "sistema" que permita o aumento de escala e a potencial implementação em outras regiões e mesmo por outras organizações.

Foto: Reprodução / WCS Brasil

O diretor do Programa WCS Andes, Amazônia e Orinoquia, Padu Franco, destacou a importância das florestas do Amazonas para as políticas ambientais e climáticas. 

"O Estado do Amazonas é a jurisdição mais importante para a conservação de florestas tropicais de alta integridade no mundo; nenhum país possui uma extensão de florestas íntegras nestas proporções. Este acordo de cooperação representa, portanto, um passo significativo no avanço da classe de investimento florestal que reconhece o excelente papel na absorção de CO2 por florestas bem conservadas. A WCS tem orgulho de fazer parceria com o governo do Amazonas e parabeniza sua liderança em inovar nos mecanismos financeiros para a conservação das florestas",

disse.

O acordo assinado com a ONG irá beneficiar diretamente as Reservas de Desenvolvimento Sustentável (RDS) de Mamirauá e Amanã, ambas no município de Tefé (AM), a 523 km de Manaus. 

Foto: Divulgação

Segundo os termos do acordo, no primeiro trimestre de 2023, serão estabelecidos em detalhes os papéis e responsabilidades entre os parceiros. No primeiro semestre de 2023, os avanços serão com as comunidades das reservas, moradores serão consultados sobre possíveis projetos que visem gerar renda mantendo a floresta em pé. 

No mesmo período, a expectativa é que sejam agendadas negociações antecipadas para concluir as primeiras transações com investidores, conforme o objetivo do acordo.

Veja mais notícias sobre Meio AmbienteAmazonas.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 01 Fevereiro 2023

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://portalamazonia.com/