Usina de energia solar localizada em Manaus ganha prêmio nacional de sustentabilidade

Projeto da Águas de Manaus foi reconhecido no 5º Prêmio Sustentabilidade, da ABCON SINDCON.

A Águas de Manaus foi uma das vencedoras do 5º Prêmio Sustentabilidade, entregue pela Associação e Sindicato Nacional das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto (ABCON SINDCON). A cerimônia de premiação foi realizada na noite de segunda-feira (28) em São Paulo.

Usina de energia solar localizada em Manaus ganha prêmio nacional de sustentabilidade. Imagem: Divulgação Águas de Manaus.

A concessionária foi reconhecida na categoria “Proteção e Restauração de Ecossistemas”, com o projeto “Usina de Energia Solar: Tecnologia Como Aliada de Práticas Manaus Sustentáveis”.

­Inaugurada em fevereiro deste ano, a maior usina de energia solar na modalidade Geração Distribuída da região Norte ocupa uma área de 20 mil metros quadrados na BR-174, no ramal da Fazenda Esperança e possui 2,55 MWp de potência instalada. Oito inversores e 4.960 placas solares formam o complexo energético.

A usina representa menor impacto ambiental com a produção de uma energia limpa, renovável e totalmente a partir da luz solar. 
Usina de energia solar localizada em Manaus ganha prêmio nacional de sustentabilidade. Imagem: Divulgação Águas de Manaus.

“A Águas de Manaus está comprometida com a redução do consumo de energia e colocar em operação uma usina desse porte é fundamental para seguirmos na missão de uma cidade mais sustentável. Essa conquista foi possível pela equipe altamente competente que atuou na implantação desse projeto e que segue buscando soluções de baixo impacto ambiental para Manaus”,

resume o gerente de Operações da concessionária, Lineu Machado.

 Hoje, a usina atende a 68 unidades operacionais do serviço de água da capital amazonense.

A estrutura representa mais um degrau na meta de redução de 15% consumo específico de energia até 2030. O compromisso foi assumido pelo grupo Aegea, do qual a Águas de Manaus faz parte, em uma operação até então inédita para empresas de saneamento do Brasil.

Usina de energia solar localizada em Manaus ganha prêmio nacional de sustentabilidade. Imagem: Divulgação Águas de Manaus.

“Ficamos muito contentes com esse importante reconhecimento, que destaca ainda mais a busca constante da Aegea por soluções sustentáveis e eficientes para todas as operações de norte a sul do país. A adoção de energia solar pela Aegea faz parte do compromisso da companhia em colocar a sustentabilidade e os pilares ESG no centro de todas as suas decisões. O grupo faz uso cada vez mais eficiente dos recursos naturais em suas concessões e trata o tema com total prioridade”,

afirma o gerente de Gerente de Gestão de Energia e Eficiência Energética do grupo Aegea, Emerson Santana.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Plano Nacional de Mineração 2030: geologia, mineração, transformação mineral

O Brasil, salienta o Plano, é um importante produtor mundial de minérios; contudo, seu consumo per capita encontra-se entre 15% e 30% dos países que já lograram atingir níveis mais elevados de desenvolvimento.

Leia também

Publicidade