Exposição itinerante leva popularização da ciência a comunidades ribeirinhas no Amazonas

O objetivo do evento é promover a divulgação científica e tecnológica de forma acessível, a partir de atividades interativas e interdisciplinares, respeitando as culturas amazônicas.

Uma exposição itinerante para divulgar a cultura científica e estimular a troca de saberes com as comunidades ribeirinhas de Anavilhanas, em Novo Airão, no Amazonas, de 9 a 19 de outubro. Intitulado ‘Do micro ao macro: divulgando as ciências da natureza em comunidades ribeirinhas do Anavilhanas’, o projeto é coordenado pelo pesquisador Ettore Paredes Antunes, líder do Laboratório de Filosofia e Ensino de Ciências (Lafeci) na Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

O objetivo do evento é promover a divulgação científica e tecnológica de forma acessível, a partir de atividades interativas e interdisciplinares, respeitando as culturas amazônicas, no arquipélago de Anavilhanas, no Rio Negro. 

A intenção é reunir os comunitários e apresentar experimentos científicos, tendo como meta analisar ações participativas que envolvem sustentabilidade e explicar como pequenas iniciativas do coletivo podem afetar o planeta em um cenário global.

O projeto é apoiado por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), via Programa de Apoio à Popularização da Ciência, Tecnologia e Inovação (POP CT&I).

Foto: Nathalie Brasil/ Decon/Fapeam

Durante a troca de conhecimentos serão apresentados materiais de divulgação científica como folders, cartilhas, além de um conjunto de experimentos de ciências do ponto de vista da Química, Biologia e Astronomia. O evento conta com a participação de professores e estudantes da Ufam.

Por meio do diálogo sobre a preservação do meio ambiente e de seus recursos naturais, a proposta é discutir a importância do protagonismo das comunidades ribeirinhas na tomada de decisões, estimulando pensamento crítico e despertando a curiosidade, unindo dessa forma conhecimentos tradicionais aos científicos e à tecnologia, com foco na melhoria da qualidade de vida da população.

Sobre o POP CT&I  

O programa é uma iniciativa da Fapeam, que visa incentivar e apoiar a realização de eventos de popularização da ciência, nas modalidades presencial, virtual ou híbrida, prioritariamente no interior do estado do Amazonas, por meio do financiamento da produção e distribuição de materiais educativos para democratizar a produção do conhecimento em Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), fortalecendo a Semana Estadual de Ciência e Tecnologia (SNCT) e a própria Política Pública de CT&I do Amazonas. A edição 2023 da SNCT tem como tema “Ciências Básicas para o Desenvolvimento Sustentável”.

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Portal Amazônia responde: o que é comida ‘remosa’?

Um estudo buscou promover uma revisão bibliográfica sobre o tema e propor uma hipótese teórica para o fenômeno.

Leia também

Publicidade