Rondônia deve ter aumento de 4% na safra de café em 2024, aponta Governo

Expectativa é que a produção chegue perto de 4 milhões de saca em 2024.

Já tendo dado início a colheita do café em Rondônia, as expectativas dos produtores e especialistas estão altas para que a produção do estado bata um novo recorde. Segundo o governo do estado, a estimativa é que haja um aumento de 4% na safra deste ano, chegando a 3.880.985 sacas em 2024.

Atualmente, conforme o Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Rondônia é:

  • O maior produtor de café da região Norte;
  • O 5º maior produtor de café do Brasil.
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Na pesquisa sobre Produção Agrícola Municipal (PAM), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2023, a produção de café em Rondônia havia aumentado 24,1% entre 2021 e 2022. O aumento, segundo o IBGE, se deve ao aumento da produtividade. 

Robusta Amazônico 

O café de Rondônia conquistou, em junho de 2021, a primeira Indicação Geográfica com Denominação de Origem (DO) para café canéfora sustentável. Para denominar essa nova Identificação Geográfica que Rondônia conquistada, foi feito um estudo desde 2018.

Os robustas amazônicos são resultado do cruzamento dos cafés Conilon e Robusta especialmente selecionados.

O relatório do Exame de Mérito realizado pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) descreve o perfil sensorial do café como: doce, chocolate, amadeirado, frutado, especiaria, raiz e herbal. “Uma nova ótica sensorial com paleta específica e característica dos cafés canéfora”. 

Publicidade
Publicidade

Relacionadas:

Mais acessadas:

Saiba quais são as 9 construções mais antigas da Amazônia

Em cada cidade da Amazônia Legal existe ao menos uma construção que exala a história local a partir da colonização.

Leia também

Publicidade